Prefeitura de Entre Rios tem contas rejeitadas

Na sessão desta terça-feira (06/10/2015), o Tribunal de Contas dos Municípios opinou pela rejeição das contas da Prefeitura de Entre Rios, na gestão de Fernando Almeida de Oliveira, relativas ao exercício de 2014. O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Dias, determinou o ressarcimento ao erário municipal, com recursos pessoais, da quantia de R$ 123.967,23 e imputou multa de R$ 7 mil, pelas falhas contidas no relatório, e de R$ 57.600,00, correspondente a 30% dos subsídios anuais do gestor, pela não redução da despesa com pessoal.

A receita arrecadada alcançou o valor total de R$ 75.313.771,73 e a despesa realizada atingiu o montante de R$ 78.172.087,69, resultando em déficit orçamentário de R$ 2.858.315,96. O saldo financeiro existente foi insuficiente para o pagamento dos restos a pagar, desta forma o gestor foi advertido acerca das disposições do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal e das graves penalidades para a ocorrência do fato no último ano da gestão, quando as contas anuais são objeto de pronunciamento pela rejeição.

Em relação às despesas com pessoal, o Executivo ultrapassou o limite de 54% previsto na LRF, vez que gastou R$ 47.626.230,57 com pessoal, representando 64,92% da receita corrente líquida de R$ 73.365.391,55. Vale ressaltar que, por diversas vezes, o gestor já foi advertido para que adote providências visando a adequação dos gastos ao percentual estabelecido na norma.

Cabe recurso da decisão.

Outras publicações

TCM aprova contas de atual gestor da Câmara de Entre Rios e rejeita as do antecessor O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (24/09/2015), rejeitou as contas da Câmara de Entre Rios, na gestão de Reginaldo Nunes Rezende...
Acidente mata funcionário em campo de petróleo da Petrobras na Bahia Um acidente no campo petrolífero da Fazenda Imbé, no município de Entre Rios, a 128 quilômetros de Salvador, causou a morte de um funcionário da Petro...
MPF aciona ex-prefeito de Entre Rios por não prestar contas de verbas do Ministério do Turismo Ministério Público Federal - (MPF). A conduta do ex-gestor gerou prejuízo de mais de 355 mil reais ao erário, valor atualizado até março de 2010. O...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br