Obras do BRT de Feira de Santana são retomadas, anuncia prefeitura

Segundo a prefeitura, o Município de Feira de Santana cumpriu todas as regras do programa, e o projeto já havia sido validado em todas as etapas pela Caixa Econômica.

Segundo a prefeitura, o Município de Feira de Santana cumpriu todas as regras do programa, e o projeto já havia sido validado em todas as etapas pela Caixa Econômica.

As obras visando a implantação do Sistema BRT (sigla em inglês para Transporte Rápido por Ônibus) em Feira de Santana foram retomadas na manhã desta segunda-feira, 26. A Caixa Econômica Federal encaminhou ofício à Prefeitura Municipal na última quarta-feira (21/10/2015), reafirmando a funcionalidade do projeto. Os serviços foram suspensos no final do mês passado em virtude de solicitação do Ministério das Cidades, que alegou necessidade de esclarecimentos.

A empresa Via Engenharia S/A reiniciou os trabalhos no canteiro de obras situado na avenida Maria Quitéria na manhã desta segunda-feira. Durante a madrugada, cerca de 30 manifestantes foram retirados do local pela Guarda Civil Municipal.

O secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, explica que o Município cumpriu todas as regras do programa, e o projeto já havia sido validado em todas as etapas pela Caixa. “Também obedece a todas as diretrizes preconizadas no Programa para o Transporte e Mobilidade”, salienta.

Brito ressalta que não houve nenhuma alteração ou modificação no projeto e que a Prefeitura concordou em manter a estrutura para o Sistema Não Motorizado de Circulação, na avenida Maria Quitéria. “O que o Município fez foi melhorar a qualidade da carta consulta”, esclarece.

Projeto

Autorizada pelo governo da União através do Ministério das Cidades, o projeto é financiado pela Caixa Econômica Federal e custará aos cofres municipais R$ 94.556 milhões. Os ônibus do BRT local serão programados para circular em 9,5 quilômetros de vias expressas, tendo como corredores principais as avenidas João Durval Carneiro e Getúlio Vargas, onde também serão construídas mais duas estações de transbordo.

Com vistas a dar mais fluidez ao trânsito nas artérias por onde passará o novo sistema de transporte público, os cruzamentos das avenidas Getúlio Vargas com a Maria Quitéria, e a Maria Quitéria com a Presidente Dutra vão receber a implantação de passagens de nível.

Estas intervenções demandarão serviços complexos de drenagem, cuja tecnologia utilizada pela engenharia civil não causará nenhum transtorno ao cotidiano da cidade. A drenagem sairá da Avenida João Durval Carneiro, passando pela Maria Quitéria, Avenida Sampaio e a rua Marechal Deodoro, desaguando na Estação de Tratamento da Embasa.

A Avenida Getúlio Vargas ganhará, por sob suas árvores, espaços de convivência social com banquinhos, brinquedos e jogos para crianças e adultos. A Avenida Maria Quitéria receberá, por entre o seu canteiro central,  uma ciclovia com traçado sinuoso.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br