Nova tendência do PT quer resgatar valores da esquerda

Deputado Marcelino Galo comemora criação da Avante, nova tendência do PT.

Deputado Marcelino Galo comemora criação da Avante, nova tendência do PT.

A Avante, nova tendência do PT, marca de forma contundente um novo momento para o partido. Segundo seus idealizadores, é preciso enfrentar problemas internos e retomar o diálogo com a esquerda e os movimentos sociais. O marco oficial da nova tendência acontecerá nos dias 26 e 27 de outubro de 2015, na sede do Partido dos Trabalhadores em Brasília. A Avante é resultado da fusão originada de uma dissidência do Movimento PT com a tendência Brasil Socialista. O Seminário iniciará também a unificação com a tendência regional “Socialismo XXI” do Rio Grande do Sul.

“Temos que recuperar no PT sua capacidade de combatividade, de enfrentar os desafios que estão colocados e que são desafios de sobrevivência da esquerda no Brasil e no mundo, e, para além da esquerda, o futuro dos valores humanos da sociedade depende desse debate teórico que a gente está tendo na atualidade. Por isso que é importante este instrumento como o Avante, para que possamos incidir sempre à esquerda no debate político”, afirmou o deputado Marcelino Galo,representante da tendência na Assembleia Legislativa da Bahia. “O Avante traz uma nova proposta de reoxigenar o Partido dos Trabalhadores (PT) a partir dos seus velhos e sempre eternos princípios e dos desafios que tem a esquerda no Brasil na consolidação de um partido socialista de massa”, ressaltou o ouvidor geral do Estado e ex-deputado Yulo Oiticica, que também integra a tendência na Bahia.

Além de Galo, o seminário contará com a presença da senadora Fátima Bezerra (RN), dos deputados federais Maria do Rosário (RS), Arlindo Chinaglia (SP) e Chico D’Angelo (RJ), e com o deputado estadual Frei Anastácio (PB). Dessa forma, a tendência ganha robustez em sua atuação política dentro do PT, agregando ao mesmo tempo diversos dirigentes nacionais, estaduais e municipais do PT, prefeitos e vereadores, além de inúmeros militantes em 18 estados brasileiros.

“Nós precisamos organizar um espaço no PT para além da vida interna partidária. Enxergo o Avante como um instrumento que resgata valores da sociedade e que irá lutar pelos direitos mais profundos que definem o papel da humanidade. Não há um caminho para a política, a política é o caminho para essa nova sociedade”, pontua a deputada federal e ex-ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, uma das lideranças nacionais da tendência.

Além dos parlamentares, no encontro na capital federal também estarão presentes dirigentes do partido, sindicalistas, militantes da juventude, do movimento feminista, dos LGBT’s, do movimento negro e todos os segmentos que lutam pela afirmação dos direitos humanos, reformas urbana e agrária, e da luta ambientalista.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br