Morre aos 77 anos o ator Luiz Carlos Miele

Luiz Carlos Miele morre no Rio de Janeiro.

Luiz Carlos Miele morre no Rio de Janeiro.

Segundo informações, um familiar de Miele ligou para o serviço de atendimento emergencial. Porém, quando os médicos chegaram ao local, Miele já estava morto. Na foto, Luis Carlos Miele e Ângela Rô-Rô, durante a cerimônia de premiação do 26° Prêmio da Música Brasileira 2015.

Segundo informações, um familiar de Miele ligou para o serviço de atendimento emergencial. Porém, quando os médicos chegaram ao local, Miele já estava morto. Na foto, Luis Carlos Miele e Ângela Rô-Rô, durante a cerimônia de premiação do 26° Prêmio da Música Brasileira 2015.

O produtor e diretor musical Luis Carlos Miele, faleceu em seu apartamento na manhã de hoje (14/10). Na foto, Luis Carlos Miele e Ana Botafogo, durante a cerimônia de premiação do 26° Prêmio da Música Brasileira 2015.

O produtor e diretor musical Luis Carlos Miele, faleceu em seu apartamento na manhã de hoje (14/10). Na foto, Luis Carlos Miele e Ana Botafogo, durante a cerimônia de premiação do 26° Prêmio da Música Brasileira 2015.

O ator, produtor cultural e diretor Luiz Carlos Miele, de 77 anos, morreu hoje (14/10/2015) no Rio de Janeiro. Ele estava em sua casa, na Gávea, zona sul.

O corpo foi encontrado pelos bombeiros, acionados esta manhã para atender a uma ocorrência de mal súbito, no local. A família ainda não definiu onde ocorrerão o velório e o enterro.

Natural de São Paulo, Luiz Carlos Miele foi locutor das rádios Nacional do Rio de Janeiro, Excelsior e Tupi, na década de 1950, antes de seguir carreira na televisão. Produziu uma série de programas e dirigiu artistas famosos por décadas.

No início da carreira, trabalhou ao lado do amigo Ronaldo Bôscoli, com quem organizou o show de bossa nova no Beco das Garrafas, que revelou o ritmo musical. Juntos também produziram o programa O Fino da Bossa, apresentado por Elis Regina e Jair Rodrigues, na TV Record, na década de 1960. Miele também dirigiu shows de artistas como Roberto Carlos, Wilson Simonal e Sergio Mendes.

Televisão

Nas décadas seguintes, trabalhou em diversas emissoras de TV. Apresentou e fez a seleção musical de programas como o Fantástico, da TV Globo. Na antiga TVE, por exemplo, fazia entrevistas e recebia convidados em A Vida é um Show, em 2002.

Miele também atuou em programas de humor e foi ator de cinema e televisão. Entre os últimos trabalhos estão a novela Geração Brasil e a série A Teia, ambas na TV Globo, em 2014.

Atualmente, fazia apresentações de humor, em que revelava curiosidades de personalidades e grandes artistas com quem conviveu durante a carreira.

*Com informação da Agência Brasil

Outras publicações

O internauta e leitor do JGB, Timóteo Santana, parabeniza a equipe pela qualidade do trabalho jornalísitico desenvolvido Srs. Jornalistas Parabeniza-los pela qualidade do sítio Jornal Grande Bahia o qual sou consumidor e público desde os tempos do material impresso, e a...
STJ: Unimed deve pagar despesas com cirurgia bariátrica de segurada com obesidade mórbida A gastroplastia (cirurgia bariátrica), indicada como tratamento para obesidade mórbida, longe de ser um procedimento estético ou mero tratamento emagr...
Homenagem a Glauco: sites de HQ convocam cartunistas. Suspeito de matar Glauco e seu filho dizia ser Jesus Cristo Sites sobre histórias em quadrinhos e que reúnem ilustradores em bate-papos sobre a profissão estão cheios de mensagens após a notícia da morte do car...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br