Grupo UAI será responsável por construir shopping popular em Feira de Santana

Reprodução de página na Internet do Grupo Uai.

Reprodução de página na Internet do Grupo Uai.

Vista aérea do Centro de Abastecimento de Feira de Santana. Centro de Comércio Popular de Feira de Santana (Shopping Popular) vai ocupar parte de área do Centro de Abastecimento.

Vista aérea do Centro de Abastecimento de Feira de Santana. Centro de Comércio Popular de Feira de Santana (Shopping Popular) vai ocupar parte da área do Centro de Abastecimento.

Nessa terça-feira (14/10/2015), o Grupo UAI assinou contrato que prevê o início da concessão comum com subsídio para a construção, operação, manutenção e exploração econômica do Centro de Comércio Popular de Feira de Santana (Shopping Popular). O contrato de trabalho com a prefeitura de Feira de Santana será no valor de R$ 92 milhões, por 30 anos.

O Centro Comercial vai abrigar os vendedores ambulantes de Feira de Santana e faz parte do Pacto da Feira, lançado em 2013, projeto de requalificação do centro da cidade, um dos principais trabalhos desenvolvidos pela prefeitura. A construção do Shopping Popular foi debatido em audiências públicas com a participação dos principais interessados: comerciantes, feirantes e ambulantes.

“Os investimentos do Grupo UAI para o shopping popular de Feira de Santana trarão organização e modernidade através de uma administração eficiente, e por meio de ações que priorizam emancipação social através do empreendedorismo da base da pirâmide”, ressalta Elias Tergilene, presidente do Grupo e da Fundação Doimo.

Ainda neste mês, o grupo também ganhou a licitação para a gestão da Feira da Madrugada, no Brás, em São Paulo, o maior shopping popular da América Latina.

Primeiro shopping escola do mundo

Com uma trajetória empresarial de 28 anos, Tergilene foi o responsável por levar para Toritama (PE), no Agreste Pernambucano, o primeiro shopping escola do mundo. Os feirantes do empreendimento têm a oportunidade de desenvolver as competências empresariais e, assim, aumentarem o lucro em suas vendas, por meio de cursos ofertados nas áreas de atendimento ao cliente, formas de apresentação do produto, como formar preço das mercadorias, comunicação com clientes, gestão de pessoas e negócios, além de diversos outros conteúdos que abrangem o universo comercial.

A metodologia de trabalho adotada pelo Grupo UAI foi elaborada pela Fundação Doimo, responsável por administrar os shoppings da rede. Com o trabalho em conjunto, a rede caracteriza-se por ser metade empresarial, metade social. Enquanto os shoppings do Grupo UAI trabalham com custo de ocupação dimensionado, para que o lojista ofereça produtos de qualidade a preços justos, a Fundação apoia a organização e o desenvolvimento econômico e social dos camelôs e feirantes.

Grupo UAI

Para o Grupo UAI, investir na capacitação e desenvolvimento de comerciantes informais é garantir que o Brasil possa ser referência em empreendedorismo na base da pirâmide. Atualmente, a rede conta com quatro espaços em funcionamento: UAI Shopping Centro e UAI Shopping O Ponto, em Belo Horizonte (MG), UAI Shopping São José, localizado em Manaus (AM) e UAI Shopping Agamenon, em Toritama (PE). Outros dois shoppings estão em construção pelo Brasil, com destaque para o Cidade das Compras, que será construído no Agreste Pernambucano e será o maior complexo de compras da América Latina. Todos os empreendimentos do Grupo UAI contam com as ações de desenvolvimento social criadas pela Fundação Doimo.

Leia +

Vereador critica construção do Centro Comercial Popular em área do Centro de Abastecimento de Feira de Santana

Com previsão de investimento de R$ 55 milhões, prefeito de Feira de Santana assina contrato para construção de Centro Comercial Popular

Feira de Santana: Centro Comercial Popular foi projetado para comporta 2 mil lojas, gerando 3 mil empregos diretos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br