Governador Rui Costa participa de teste de equipamento para melhorar produção de sisal

Governador Rui Costa participa de teste de equipamento.

Governador Rui Costa participa de teste de equipamento.

Os 700 mil baianos que vivem da extração do sisal terão em breve um reforço da tecnologia para agregar valor à fibra e outros derivados. Desenvolvido pelo Governo da Bahia, em parceria com o Senai/Cimatec, um novo equipamento processa as folhas permitindo o aproveitamento da planta também na fabricação de produtos como plásticos e fármacos. Nesta terça-feira (20/10/2015), o governador Rui Costa acompanhou um teste do protótipo durante visita ao Centro de Pesquisas de Desenvolvimento (Ceped), em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Resultado de dois anos de trabalho, a máquina faz o desfibramento do sisal utilizando um sistema automatizado de separação de mucilagem, suco e bucha. Estes subprodutos servem como matéria-prima para a fabricação de cosméticos, alimentos, bebidas e produtos da indústria termoplástica. Foram investidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e do Senai, R$ 1,6 milhão, com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Segundo o superintendente de Desenvolvimento Científico da Secti, Luiz Pontes, o equipamento, que poderá ser usado em mini usinas operadas por cooperativas de produtores, evita o risco de mutilações como acontece com as máquinas existentes atualmente. “Essa máquina vem resolver não só o problema dos acidentes, mas também aproveitar esses subprodutos”.

Centro de Ciência e Tecnologia

Montado para apoiar a área de análises e pesquisas no Centro Industrial de Aratu (CIA) e no Polo Petroquímico de Camaçari, o Ceped passa por obras de reforma e será transformado em um centro de ciência e tecnologia. A Secti estuda uma parceria para ceder parte do espaço para quatro cursos de engenharia da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

“Queremos ter aqui um campus universitário, uma área de incubação para empresas de empreendedores na área industrial. Temos conversado também com grandes empresas para instalarem aqui universidades corporativas de cunho industrial”, afirmou o secretário de Ciência Tecnologia e Inovação, Manoel Mendonça.

Outras publicações

Instituto Mauá abre inscrições para cursos de artesanato A partir desta quarta-feira (28/07/2010), o Instituto Mauá inscreve para a segunda etapa dos cursos de capacitação artesanal. As matrículas vão até 13...
Vice-governador Otto Alencar e o deputado Alan Sanches anunciam apoio do PSD a Nelson Pelegrino, pré-candidato do PT a prefeito de Salvador O fim da guerra fiscal entre os estados e a adoção de políticas que desestimulem as importações foram assuntos debatidos na tarde desta segunda-feira ...
Salvador: Temporada Gourmet do Shopping Paralela vai da culinária da Bahia à Espanha Workshops da Temporada Gourmet. A Temporada Gourmet, que acontece desde 19 de agosto na Praça de Eventos do Shopping Paralela, já garantiu saborosas...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br