Feira de Santana: vereador avalia atuação de setores da imprensa e comenta sobre entrevista de Colbert Martins Filho

Vereador Edvaldo Lima dos Santos tece críticas e elogios a imprensa de Feira de Santana.

Vereador Edvaldo Lima dos Santos tece críticas e elogios a imprensa de Feira de Santana.

Nesta terça-feira (06/10/2015), em discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) falou a respeito de situações envolvendo profissionais da imprensa feirense. Inicialmente, o edil criticou a postura de um veículo de comunicação que divulgou pela metade seu pronunciamento sobre secretariais municipais. Em seguida, ele fez a defesa de um profissional que foi “tratado de forma rude” por um político.

“Sou defensor da imprensa, seja falada, escrita, televisionada, não gosto que a imprensa seja atacada, até porque o processo democrático se dá através da imprensa. Observo aqui o assunto que tratei nesta Casa, foi um assunto de grande relevância, mas só as pessoas que têm uma visão à frente podem entender”, avalia.

Segundo o edil, o site Bahia na Política não trouxe sua declaração na íntegra. “O blog do Jair Onofre, e estou fazendo uma crítica construtiva, não colocou que eu falei que em quatro secretarias há corrupção. Eu afirmei que a corrupção está na Secretaria de Habitação, Desenvolvimento Urbano, SMT e também da Secretaria de Saúde. Acho que o jornalista não pode ter lado neste momento. Tem que colocar o que o entrevistado afirmou na íntegra, vai aí minha crítica construtiva”, afirmou.

Na sequência, Edvaldo Lima teceu elogios ao jornalista Fabrício Almeida. “Quero fazer uma defesa do grande jornalista e radialista, amigo Fabricio Almeida, que fez uma entrevista com o ex-deputado federal Colbert Martins Filho, pessoa que tem uma história na política, mas ouvi uma entrevista dele no programa Linha Direta, na Rádio Sociedade, e ele bateu de frente com Fabrício, apenas porque a pergunta do jornalista foi: ‘o senhor confirma ou não confirma se é candidato a prefeito’.

O ex-deputado levantou-se de uma fúria tremenda. Eu estava escutando, isso porque foi colocada a entrevista feita na Rádio Povo para o deputado ouvir e ele ficou furioso, por isso vai o meu abraço ao nobre radialista Fabrício. Não podemos aceitar que o poder público possa desmerecer o jornalista que está fazendo o seu papel”, ressaltou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br