Em viagem à Europa, governador Rui Costa quer atrair mais investimentos nas áreas de energia solar e indústria farmacêutica

Governador Rui Costa busca atrair investimentos para a Bahia.

Governador Rui Costa busca atrair investimentos para a Bahia.

Atrair novos empreendimentos nas áreas de energia solar e indústria farmacêutica para a Bahia é o principal objetivo da viagem que o governador Rui Costa fará à Itália, Alemanha e Espanha entre os dias 4 e 17 de outubro, onde se encontrará com empresários que conhecerão as oportunidades de investimento oferecidas pelo Estado bem como o apoio institucional que o governo baiano oferece, fundamental para o crescimento de empresas que já se instalaram na região.

No foco principal da viagem, está a captação de empresas produtoras de medicamentos e equipamentos na área de saúde, desenvolvedoras de tecnologias ligadas a energias renováveis e inovações na educação, com a aproximação entre o ensino e o mercado. Durante a viagem, também será discutida a reativação de um convênio com a FAO, que pode trazer R$ 50 milhões para a agricultura familiar baiana.

O governador, ao longo da viagem, estará acompanhado de uma delegação formada por secretários e técnicos do Estado, além de representantes das federações das Indústrias da Bahia (Fieb) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomercio). No dia 4, o governador embarca de Salvador por volta das 17h30 com destino a Lisboa, com previsão de retorno à capital baiana no dia 17 à tarde.

Rui Costa disse que já foram feitos vários contatos prévios a fim de tornar a viagem ainda mais produtiva. “Nós queremos trazer empresários da Europa para investir no Brasil. A relação está muito favorável, o investimento no Brasil está muito mais barato hoje para empresas da Europa e dos Estados Unidos. É hora de reforçar estes contatos e apresentar nossos projetos. Eu estou otimista de que vou voltar com acordos assinados e anúncios consolidados de investimentos para gerar mais empregos na Bahia”.

Itália 

A primeira etapa da viagem, segundo o superintendente de Desenvolvimento Econômico do Estado, Paulo Guimarães, será acompanhada de um grupo de 15 empresários dos setores industrial e comercial. “A ideia é apresentar a Bahia aos empresários da Lombardia, região mais desenvolvida economicamente da Itália, para tentar atrair investimentos nestes setores estratégicos”.

Durante a Expo Milão, Rui participa, no dia 6 de outubro, à tarde, do ‘Dia da Bahia’, quando haverá um seminário de oportunidades de investimentos na Bahia e de reuniões com empresários dos setores da indústria, energia, saúde, agropecuária, mineração, tecnologia, turismo e cultura. Para o ‘Dia da Bahia’, a Secretaria do Turismo vai levar o músico Adelmário Coelho e dar ênfase ao São João e ao forró baianos. Também em Milão, Rui visita, no mesmo dia, pela manhã, a Universidade Politécnica de Milão para conhecer o modelo de integração Escola/Centro Tecnológico/Empresa.

Outra expectativa na Itália é a consolidação de parceria com duas empresas com as quais a Bahia já tem negócios. Uma delas é a Chemi, farmacêutica do grupo Italofarmaco, que já possui unidade em Camaçari. A Bahia busca acordo de cooperação e memorando de entendimento para a Bahiafarma produzir alguns medicamentos, em especial oncológicos, e para tratamento da anemia falciforme, com redução de custos.

A outra empresa é a Bioimpianti, que há 20 anos projeta, produz e comercializa órteses e outros dispositivos cirúrgicos ortopédicos. A intenção é afinar o cronograma para o início da produção baiana, em consonância com as demandas do estado. Para isso, o governador Rui Costa se reúne, no dia 16, em Milão, com executivos das duas empresas.

Rui também faz uma visita ao Papa, no Vaticano, na manhã do dia 14, e à tarde visita a sede da FAO, onde será discutida a reafirmação de um memorando de entendimento de cooperação técnica em desenvolvimento agrícola, rural e segurança alimentar e inserção em mercados. O projeto, se confirmado, será totalmente financiado pela FAO, com investimentos de R$ 50 milhões para a agricultura familiar, beneficiando 10 municípios do semiárido.

Alemanha 

Entre os dias 8 e 12 de outubro, o governador visita duas cidades alemãs, Stuttgart e Freiburg. Na primeira, Rui participa, no dia 9, do seminário sobre energia solar, uma das principais apostas baianas, e se reúne com representantes das empresas de energia fotovoltaica Manz e Kaco. No mesmo dia, visita a escola profissionalizante Hoppenlau, semelhante ao Senac, e se reúne com representantes da empresa de equipamentos médicos Erbe Elektromedizin GmbH.

Ainda na Alemanha, em Freiburg, conhecida como cidade verde, porque grande parte da energia consumida é a solar, o governador encerra, no dia 12, sua passagem por aquele país, com a visita ao Fraunhofer Institut (solar), dedicado à pesquisa de alta tecnologia na geração, distribuição e armazenamento de energia solar. A meta é trazer para o Cimatec um centro de excelência e certificação de equipamentos de energia solar.

Segundo Paulo Guimarães, o Instituo Fraunhofer já tem uma parceria com a Bahia na área de Tecnologia da Informação. “Agora queremos consolidar essa parceria para a energia solar. O Brasil tem toda uma legislação que estimula e em muitos casos exige a fabricação de energias renováveis”.

Guimarães explica que esses equipamentos precisam ser certificados e o Brasil precisa constituir laboratórios de excelência para fazer este tipo de certificação. “O Instituto Fraunhoffer já tem este tipo de laboratório e a ideia é justamente fazer uma aproximação para que tenhamos na Bahia, especificamente no Cimatec, um laboratório de referência para certificação de equipamentos para energias renováveis.

Espanha 

Já na Espanha, em Bilbao, o governador faz uma visita, no dia 13, à fábrica e ao presidente da Gamesa, empresa que já tem investimentos na Bahia na área de energia eólica para a discussão de novos projetos. A expectativa é que seja instalado na Bahia um laboratório para testes de equipamentos de alta tecnologia e da universidade corporativa Gamesa. Trata-se da primeira empresa do setor de eólica a investir na Bahia, em 2010, e já inaugurou este ano a segunda etapa de ampliação do seu empreendimento.

Bahia investe na captação de turistas durante a Expo Milão 

Turistas e empresários do ramo poderão se encantar com a Bahia – e com isso serem incentivados a visitar o estado –  durante uma das feiras de negócios e turismo mais importantes do mundo, a Expo Milão, na Itália. Realizada de cinco em cinco anos, o evento vai contar, este ano, com o ‘Dia da Bahia’, que será realizado no dia 6 de outubro pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Bahiatursa. O objetivo é promover a Bahia como destino turístico na costa brasileira, seu povo, sua cultura, e sua economia.

Entre as principais atrações levadas pelo Estado, estão apresentações de Adelmário Coelho, dançarinos de forró, brindes juninos, além de baiana tipicamente trajada, na Exposição Universal (Expo Milão 2015). O espaço da Bahia, que integra o ambiente promocional do Instituto brasileiro do Turismo (Embratur) contará com decorações de fitas do Senhor do Bonfim de dois metros, baiana típica no receptivo com distribuição das fitinhas típicas, brindes de São João (lenços, adereços de cabelo em forma de flor, tags, chocolates e cocadas). “Vamos decorar toda a área verde do pavilhão destinado ao Brasil com motivos do São João, além de expor vídeos e distribuir material promocional do nosso estado”, disse o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Expo Milão 

A Exposição Universal de 2015, também conhecida por Expo 2015, World Expo 2015 Milão, acontece a cada cinco anos,  em diferentes cidades do mundo. “Reúne dezenas de países para compartilhar tecnologia, inovações da arte, educação, design, comércio, turismo e relações internacionais”, informa  a diretora de Promoções da Bahiatursa, Rosana França.

A iniciativa é a maior ação promocional do governo brasileiro na Itália, em 2015, país que é considerado  um mercado de alta prioridade também para a Bahia.  É o sexto maior emissor de turistas no mundo, o segundo na Europa, para o Brasil e o quarto para a Bahia.

O espaço brasileiro, com 4 mil m², tem chamado atenção dos visitantes com atividades culturais, gastronômicas, seminários e eventos de negócios. Situado perto de uma das entradas principais, apresenta o tema “Alimentando o mundo com soluções”. A Expo 2015 acontece desde 1º de maio e se estende até 30 de outubro.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br