Deputado Valmir Assunção diz que Lula cobrou em reunião postura rígida contra o impeachment de Dilma Rousseff

Deputado Valmir Assunção durante encontro com ex-presidente Lula.

Deputado Valmir Assunção durante encontro com ex-presidente Lula.

A noite da quinta-feira (15/10/2015) foi movimentada no Congresso Nacional, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com a bancada do PT na Câmara Federal para cobrar uma posição rígida contra a ação da oposição que quer o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Cerca de 12 deputados federais participaram do encontro, entre eles os baianos Valmir Assunção e Afonso Florence. De acordo com Assunção, Lula debateu a conjuntura da reforma administrativa e apontou para novas mudanças que ainda podem acontecer. “O ex-presidente Lula disse na reunião que agora é o momento necessário para defender o projeto, o PT e a democracia, que foi conquistada à duras penas. A reunião foi para azeitar as coisas para enfrentar a tentativa de golpe da direita”, aponta.

O parlamentar baiano negou que Lula tenha tratado de assuntos envolvendo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), novamente denunciado na operação Lava Jato pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “Nada nesse sentido foi tratado, mas debatemos muito sobre a irresponsabilidade que é a oposição tentar pedir o cargo de Dilma, operando um golpe à democracia com a caneta. Querem agora afastar Dilma por conta das chamadas pedaladas fiscais. O que o governo fez foi garantir o pagamento de benefícios sociais, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida, e a oposição não se contenta porque sempre quis o fim destas ações”, completa Valmir.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br