Delator diz que filho do ex-presidente Lula foi beneficiado no caso Lava Jato; advogado de defesa de Fábio Luis apresenta nota contestando versão

Advogado de Fábio Luis Lula da Silva contesta versão de Lauro Jardim e diz que acusação carece de prova.

Advogado de Fábio Luis Lula da Silva contesta versão de Lauro Jardim e diz que acusação carece de prova.

Fernando Soares (Fernando Baiano), operador do PMDB, disse em depoimento que um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva se beneficiou por pagamentos do esquema de corrupção na Petrobras. Os valores teriam servido para pagar despesas pessoais.

O jornal “O Globo” publicou a informação de que Fernando Baiano, como é conhecido, contou na delação que teria pago gastos pessoais de Fábio Luis Lula da Silva, o Lulinha. O valor seria de cerca de R$ 2 milhões.

O Instituto Lula afirmou, segundo o jornal, que não fará comentários. A defesa de Lulinha disse que “o sr. Fábio Luis Lula da Silva jamais recebeu qualquer valor do delator mencionado”.

O advogado Cristiano Zanin Martins, em nome de Fabio Luís Lula da Silva, contestou a versão e disse que a matéria do Lauro Jardim, publicada na edição de domingo (11/10/2015) no jornal O Globo, “não foi acompanhada de qualquer elemento concreto e idôneo que pudesse respaldá-la”.

Confira o teor da ‘Nota de esclarecimento’ da defesa de Fabio Luís Lula da Silva

A defesa do Sr. Fabio Luís Lula da Silva esclarece que ele jamais recebeu dinheiro ou favores do lobista Fernando Soares, ao contrário do que afirmou Lauro Jardim em sua coluna publicada na edição de 11/10/2015 do jornal “O Globo”.

Observa, ainda, que a afirmação do jornalista não foi acompanhada de qualquer elemento concreto e idôneo que pudesse respaldá-la.

Cristiano Zanin Martins

Teixeira, Martins & Advogados

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br