Coluna de Antônio José Larangeira de 16 de outubro de 2015

O aniversariante,  consagrado  artista plástico Juraci Dórea.

O aniversariante, consagrado artista plástico Juraci Dórea.

O presidente da Fundação Egberto Costa professor Antônio Carlos Coelho, o prefeito Jose Ronaldo de Carvalho e  um dos magos das artes visuais Gil Mario Menezes.

O presidente da Fundação Egberto Costa professor Antônio Carlos Coelho, o prefeito Jose Ronaldo de Carvalho e um dos magos das artes visuais Gil Mario Menezes.

A jornalista Licia Silva, em data aniversária.

A jornalista Licia Silva, em data aniversária.

Shopping Popular vai começar

Principal investimento  de um conjunto de obras e intervenções que o governo municipal vem realizando desde o lançamento do Pacto da Feira, em fevereiro de 2013,  projeto voltado a promover e requalificar o Centro Comercial de Feira de Santana, o Shopping Popular teve a sua ordem de serviço assinada no Paço  Municipal Maria Quitéria, na manhã de quarta-feira,  14, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho. O centro de comércio popular, que acolherá cerca de 2 mil comerciantes ambulantes que atualmente se encontram pulverizados com suas barracas pelas ruas centrais do comércio local, será construído e administrado por um pool de quatro empresas que participaram de licitação pública e que se uniram num consórcio presidido pelo empresário Elias Tergilene, responsável pela implantação de vários empreendimentos similares, no sudeste do país.

Tocado pela Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, o projeto se constitui numa soma de esforços que abrangeu as demais secretarias de governo,  culminando com uma série de assembleias e reuniões envolvendo todas as classes produtoras, incluindo sindicatos de vendedores ambulantes e do comércio, a Associação Comercial e Câmara dos Dirigentes Lojistas,  cujos representantes referendaram o ato de assinatura do contrato.  O secretário do Trabalho, Antônio Carlos Borges Júnior, reconhece que “sem estas instituições não conseguiríamos desenvolver este processo, pois tudo foi viabilizado para atendermos a este ordenamento, e tudo foi possível graças ao diálogo que mantivemos também com toda a sociedade”. De seu lado, Marcelo Alexandrino, presidente da Associação Comercial, sublinhou a importância que a implantação do Shopping Popular trará à reorganização do centro da cidade, ao adequar os vendedores ambulantes ao projeto de requalificação do comércio feirense. — Este é um belíssimo projeto em que todos vão ganhar, tanto os ambulantes quanto a população, que terá um local com mais conforto para fazer suas compras. Sobretudo ganhará o comércio da cidade, que terá as suas áreas organizadas  —, disse Alexandrino.

Perda

O ator, produtor cultural e diretor Luiz Carlos Miele, de 77 anos, morreu quarta feira, no Rio de Janeiro de mal súbito em sua residencia, na Gávea, zona sul. Natural de São Paulo, Luiz Carlos Miele foi locutor das rádios Nacional do Rio de Janeiro, Excelsior e Tupi, na década de 1950, antes de seguir carreira na televisão onde fez muito sucesso. Tive a oportunidade de conhecê-lo através do diretor de elenco da Tv Globo, na época, Moacir Deriquen, figura que privei da sua  amizade. Simples e amigo. Mantive contato com o mesmo até a um ano atrás.

Data na cap

Laura  Tavares, que está se recuperando de um problema de saúde, será homenageada pelo seu aniversário, com um jantar de família , amanhã, sábado, na Maison da sua filha Maria  Carolina  Tavares  Cohim  e seu marido José  Hamilton Cohim, em Patamares,em Salvador, reunindo apenas a família da aniversariante, será um momento de oração, pedindo a Jesus  Cristo, pela sua saúde.

Data em Feira 

Esteve completando idade nova, o arquiteto, artista plástico e escritor Juracy Dórea, que esteve varando os setenta e uns anos de vida. No ensejo foi bastante cumprimentado por gregos e troianos das artes e da cultural baiana.

Teatro

O Teatro Municipal Margarida Ribeiro abriu suas portas na terça-feira, 13, para prestar uma homenagem aos professores levando ao palco o Balé Vozes da Terra. A iniciativa da Fundação de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Costa levou para plateia além dos homenageados, alunos das escolas Monteiro Lobato e Rotary. Os bailarinos retrataram em três coreografias o “Surgimento da Princesa”, “Cultura Afro na Princesa” e o “Carnaval”. Foram pouco mais de 30 minutos de apresentação que deixou a plateia encantada. Levaram ao palco movimentos regionais e afro. Passos ritmados e marcados, que exigem força muscular e equilíbrio. Os três casais de dançarinos representaram nos movimentos corporais a origem de Feira de Santana. Durante performance levaram para o palco figuras populares da cidade, como Zé das Congas, Helena do Bode e Noratinho da Pamonha. O presidente da Fundação Antônio Carlos Coelho foi cumprimentado pela iniciativa.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia e

Notícias da Bahia

 

Outras publicações

Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 30 de julho de 2013 A jovem Ingrid Freire Costa que formou em Direito na semana passada pela Faculdade Pitagoras em Montes Claros onde reside. Na foto com os pais, Isaia...
Coluna de Antônio José Larangeira de 25 de agosto de 2016 Esteve completando idade nova, ontem, o jornalista Adilson Simas. A oficial do Exercito e odontóloga Diana Aranha e sua mamãe Conceição Aranha. ...
Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 10 de abril de 2010 Produção de mel Apicultores do município baiano de Campo Alegre de Lourdes, localizado na divisa com o estado do Piauí, poderão comercializar sua pro...

Sobre o autor

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.