Atentado na Turquia tem a cara do Erdogan | Por Valter Xéu

Recep Tayyip Erdoğan é presidente da Turquia desde 28 de agosto de 2014.

Recep Tayyip Erdoğan é presidente da Turquia desde 28 de agosto de 2014.

Era comum até pouco tempo atrás, recair a culpa em todos atentados terroristas, na Al Qaeda, mesmo quando estes apresentavam DNA dos serviços de inteligência israelense ou de países do ocidente.

Na maioria das vezes, quando o governo dos Estados Unidos tinha dificuldades no Congresso para aprovar mais recursos destinados às tropas no Oriente Médio, provocava um atentado qualquer e então, com a população amedrantada e com a cumplicidade da mídia que ampliava o fato, a aprovação no congresso era imediata.

Agora, quem está na crista da onda é o Estado Islâmico, acusado pelo governo turco de ser o mentor do atentado na Turquia em que pelo menos morreram 96 pessoas e deixou mais de 200 feridos.

Um detalhe, porém, é que a mídia por desinformação ou por cumplicidade, esquece e não informa que a Turquia juntamente com Arábia Saudita, Qatar e potências ocidentais, foram quem criaram, armaram e dão todo tipo de apoio a esse grupo terrorista.

Como os turcos não são iguais aos norte-americanos, que levam ao pé da letra como verdade absoluta todas as mentiras ditas pelos seus governantes, diversas manifestações pipocam por todo o país contra o governo de Erdogan. Os manifestantes com faixas chamam o estado de assassino pois vê no ataque o “dedo” dos serviços de inteligência do governo.

APRENDEU COM BUSH

Agora em novembro haverá eleições na Turquia e o governo que perdeu espaço na anterior, poderá ampliar a derrota ainda mais nesta próxima. E, assim, os serviços de inteligência já estão em ação no sentido de levar o terror ao povo e ao mesmo tempo mostrar que só um governo forte como o atual será capaz de combatê-lo.

Mas já temendo que o tiro pode sair pela culatra, o governo logo no sábado (10), proibiu a divulgação de imagens e bloqueou o acesso aos meios de comunicação e redes sociais como Facebook e Twitter. Portanto, o atentado na Turquia tem mais a cara do Erdogan do que dos militantes do EI.

*Valter Xéu é jornalista, editor e diretor dos portais Pátria Latina e Irã News.

Outras publicações

Turquia suspende Convenção Europeia de Direitos Humanos Diyarbakir, no sudeste da Turquia. A Turquia decidiu suspender temporariamente a Convenção Europeia de Direitos Humanos, que inclui as liberdades fu...
Governo diz que derrotou tentativa de golpe e prendeu líderes na Turquia Ancara, capital da Turquia. Segunda cidade mais populosa do país. Istambul, Turquia. Cidade mais populosa do país. Cidade de Diyarbakir, no s...
Presidente da Turquia diz que escapou da morte “por milagre” durante tentativa de golpe O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que escapou da morte "por um milagre". O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que escapou da mo...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br