Vereador reitera críticas a Superintendência Municipal de Trânsito de Feira de Santana

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) volta a criticar SMT.

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) volta a criticar SMT.

O comportamento dos agentes da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) voltou a ser tema de discurso do edil Correia Zezito (PTB), na tribuna da Casa da Cidadania, nesta terça-feira (29/09/2015).

O edil comentou o pronunciamento do vereador Luiz Augusto de Jesus, o Lulinha (PEN), em relação à multa que este tomou ao parar na entrada lateral do prédio da Câmara Municipal, na rua Intendente Rui.

“Quero falar da situação da SMT, dos agentes de trânsito, que com relação a este beco lateral à Câmara, precisa ser tomada uma decisão. Vou narrar o que eu vi hoje quando cheguei. Ao colocar o meu carro no estacionamento, que pago do meu bolso, vi os agentes parados com duas motos. Um agente, chamado Marcos, estava parado, e quando vi que se tratava do carro de Lulinha, pedi: ‘Marcos vamos ser sensíveis’, eu cheguei já achei o problema e tentei intervir”, explicou.

Correia disse que nunca trabalhou no trânsito, mas que tem conhecimento do assunto. “Sou policial militar e sou operacional. Nunca trabalhei em trânsito, mas tenho conhecimento de trânsito. Estar parado em calçada é errado, mas também é estranho a mesma pessoa estar passando no mesmo local todo horário para confrontar esta Casa. Qual o interesse de vir para aqui coibir neste horário? Esse horário é de pique na rua Castro Alves. É isso que temos que atentar, pois ele (o agente) diz que cumpre a ordem do superintendente”, ressaltou.

Ele sugeriu que o problema seja passado ao prefeito José Ronaldo de Carvalho. “O que temos que conversar com o prefeito é o que o superintendente tem contra esta Casa. Ele tem interesse em prejudicar esta Casa? Temos que debater em cima disso, não é em cima do direito e do dever de cada um dos nossos. Por que há perseguição com a Casa?”, questionou.

Em aparte, o vereador David Neto (PTN) sugeriu uma Comissão Parlamentar de Inquérito.  “Ele cumpre o que o superior mandou. O que temos que observar é criar uma CPI, chamar o Francisco superintendente, convidar ele aqui e começarmos a fazer uma inspeção da gestão dele lá, começar a trazer transparência”, declarou.

Também em aparte, o vereador Roque Pereira (PTN) comentou: “quero endossar as suas palavras. Nenhum de nós tem o direito de parar na calçada, mas há uma placa que indica que pode parar e não estacionar. O vereador estava certo, pois estava no volante, não estava estacionado, tem que retirar a placa então que está dando direito não só a vereador como a qualquer pessoa de parar naquele local, e não estacionar”, afirmou.

Outras publicações

Deputado Fenando Torres nega a intenção de deixar o DEM e disse que vai atuar como conciliador para manter o partido unido em Feira de Santana O eleito deputado federal Fernando Torres (DEM), durante participação em entrevista realizada pelo programa Rotativo News, Rádio Sociedade de Feira de...
Aeroporto de Feira de Santana será reformado e deve receber primeiro voo em seis meses Otto Alencar assina concessão do aeroporto de Feira de Santana ao setor privado. O aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana, será ampliad...
Centro de Especialidade Odontológica é considerado pela SESAB como referência pelo sistema adotado para acolhimento do usuário Procedimentos odontológicos como endodontia (canal), periodontia (tratamento de gengiva), exodontia (extração) e cirurgias de médio porte - frenectomi...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br