Vereador diz que implantação do Sistema BRT Feira de Santana provoca transtornos e queda nas vendas dos comerciantes

Vereador Edvaldo Lima dos Santos critica sistema BRT.

Vereador Edvaldo Lima dos Santos critica sistema BRT.

O vereador Edvaldo Lima (PP) usou a tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (02/09/2015), para chamar atenção para o prejuízo de alguns comerciantes, devido aos trechos interditados pelas obras do BRT, bem como a morosidade para conclusão das obras do Mercado de Arte Popular.

“Quero apenas reiterar o que o nobre vereador Alberto Nery colocou aqui. O vereador trouxe uma preocupação dos comerciantes. O senhor é da Comissão de Infraestrutura e o senhor bem sabe. Fomos até o Mercado de Arte e lá o senhor sabe que o prefeito informou que a obra seria concluída em seis meses. Já vão fazer dois anos e os comerciantes estão no mesmo lugar, já há vários boxes fechados. Tenho uma preocupação também com as obras do BRT, pois se tem dito que com seis meses os comerciantes poderão voltar, ninguém sabe o que vai acontecer, pois o Governo fez o seu projeto, mas houve o desvio do projeto, e vamos mostrar que o Município não está fazendo o projeto que foi apresentado no Ministério das Cidades”, disse.

Para Edvaldo, Governo Municipal só “acorda” após críticas na Câmara

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (02), o vereador Edvaldo Lima (PP) disse que foi surpreendido com uma notícia nos meios de comunicação locais de que o Governo Municipal havia reaberto as estações de transbordo de Feira de Santana.

Ele acredita que a decisão de reabrir os terminais Central, Norte e Sul só ocorreu depois que ele denunciou e cobrou, ontem na tribuna, uma intermediação do líder do Governo, vereador José Carneiro (PSL), para resolver a questão dos usuários do transporte coletivo urbano que estariam expostos às intempéries nas ruas e pagando quatro passagens nos ônibus coletivos.

“Precisou o vereador Edvaldo Lima, o Poder Legislativo questionar o Governo para reabrir os transbordos de Feira de Santana. Com mais de 15 dias com os transbordos fechados, será que o Governo não estava vendo isso? Precisava o Poder Legislativo fazer uma interferência junto ao Município, para reabrir os transbordos, para atender à população? Ora, meus senhores, eu não posso me calar diante dessa situação”, disse o oposicionista.

Ele acrescentou: “eu quero parabenizar o líder do Governo. Certamente, foi uma interferência dele, para que o Governo, automaticamente, recuasse. O Governo só atendeu porque trouxemos o problema para aqui. Eu acho que este Governo está dormindo, está paralisado e precisa que a Câmara de Vereadores levante a voz, para que ele escute o outro lado”.

Edvaldo Lima afirmou que situação semelhante aconteceu com a inclusão de atrações gospel na grade de shows musicais da Exposição Agropecuária de Feira de Santana. Segundo ele, o poder público municipal só anunciou o “Momento Gospel” para a Expofeira 2015, após sua reivindicação, ontem na tribuna da Câmara.

Em aparte, o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (PEN) informou que o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Ebenezer Tuy, explicou que foi preciso fechar as estações de transbordo porque não havia ônibus suficientes. “E ontem chegaram cerca de 49 ônibus para a cidade e, agora, tem condições de reabrir os transbordos para funcionarem normalmente”, ressaltou.

Também em aparte, José Carneiro argumentou que “a mudança radical de uma empresa para outra” gerou essas dificuldades no transporte coletivo urbano. “O Governo Municipal não atendeu reivindicação de Vossa Excelência (Edvaldo) nem do líder do Governo, atendeu à expectativa da população de resolver o problema”, salientou o edil, afirmando que “as coisas estão se normatizando a cada dia”.

Reivindicação

Mudando de foco, o vereador Edvaldo Lima pediu a José Carneiro que intercedesse junto ao poder público municipal para resolver o problema da rua São João, no bairro Tomba, que, segundo o oposicionista, necessita de redutores de velocidade. Ele disse que, há seis meses, essa reivindicação foi feita ao Poder Executivo, mas até o momento não foi atendida. Ainda segundo Edvaldo, a referida rua foi asfaltada, após dois anos que fez a solicitação.

Outras publicações

Feira de Santana: ançamento do livro ‘As crônicas do amor’ ocorre no Museu de Arte Contemporânea Convite de lançamento do livro 'As crônicas do amor: o senhor do tempo'. O Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira (MAC Feira de Santana) s...
Prefeito Tarcízio Pimenta visita o Hospital da Criança em companhia do secretário de Saúde Solla. Leia esta e outras notícias da PMFS O prefeito Tarcízio Pimenta e o secretário municipal de Saúde, Rafael Pinto Cordeiro, conheceram na manhã desta terça-feira (17/08/2010) as instalaçõe...
UEFS promove a VII Feira do Semi-Árido A UEFS – Universidade Estadual de Feira de Santana promove de 15 a 17 de dezembro de 2010 a VII Feira do Semi-Árido com o tema “Saberes e Fazeres do S...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br