Vereador Beldes Ramos rebate críticas de Pablo Roberto contra posicionamento da oposição sobre o BRT de Feira de Santana

Beldes Luis Pereira Ramos ressaltou mais uma vez a ausência do Plano Diretor e de Mobilidade Urbana do Município.

Beldes Luis Pereira Ramos ressaltou mais uma vez a ausência do Plano Diretor e de Mobilidade Urbana do Município.

Ao ser afirmado pelo vereador Pablo Roberto (PMDB) que a oposição estaria colocando o debate sobre a implantação do BRT de forma eleitoreira, na manhã desta terça-feira (22/09/2015), na Câmara Municipal, Beldes Ramos (PT) defendeu que todos os discursos que estão sendo feitos, eram os mesmos frisados pelo edil peemidebista há meses passado.

Beldes ressaltou mais uma vez a ausência do Plano Diretor e de Mobilidade Urbana do Município, salientando que o debate deve continuar haja vista a necessidade e importância do tema.

“Quer dizer que quem se opõe ao formato do BRT está fazendo politicagem e tá mentindo, eu vou dizer aqui apenas uma coisa e amanhã continuaremos o debate dentro dos detalhes técnicos. Quero afirmar que quinze defensores públicos, a AFENGE que é a Associação Feirense dos Engenheiros, também questionam o modelo do BRT e não são políticos. Então esse debate que a base governista coloca como sendo um debate politiqueiro, vamos dizer também que os quinze defensores públicos e todos aqueles engenheiros da AFENGE são também politiqueiros e fazem ressalvas muito grandes, ressalvas essas que vossa excelência quando estava na oposição também fez, afinal vossa excelência também cobrava que para implantação do BRT teria que ter o plano diretor, e não tem o plano diretor.

“Vossa excelência falou aí de ações de mobilidade urbana, mas não tem um plano de mobilidade urbana em Feira de Santana, como é que já pode ter ações de mobilidade urbana sem que tenha plano, cobrado inclusive pelo Ministério das Cidades. Então é um equívoco muito grande esse projeto de implantação do BRT, é uma implantação que está sendo empurrado pelo prefeito de guela abaixo e que é um debate que ainda tem que permanecer. E para concluir, saliento que é o formato que estamos nos opondo e esse formato, se vossa excelência não sabe, são dois quilômetros e meio na João Durval que vai diminuir dois minutos apenas e estão equivocado em um projeto no ponto de vista do prefeito eleitoreiro, que poderia concentrar forças em outros bairros que são de maiores necessidades”, disse Beldes.

Outras publicações

Cidade Educadora tem aprovação da rede municipal de ensino de Feira de Santana O Programa Cidade Educadora tem registrado grande aceitação entre gestores, professores e pais de alunos da rede municipal de ensino de Feira de Santa...
Feira de Santana: Toque da Casa lança coleção ‘Catarina do Brasil’ Convite lançamento da coleção'Catarina do Brasil'. Toque da Casa apresentou na quarta-feira (21/09/2016) a coleção ‘Catarina do Brasil’. A nova col...
Eleições 2012 em Feira de Santana | Justiça eleitoral indefere mais uma ação de José Ronaldo contra Tarcízio Pimenta O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia julgou improcedente, na última terça-feira, 04, a representação do candidato à prefeitura de Feira de Santana...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br