Supremo Tribunal Federal abre inquérito para investigar deputado Júlio Delgado

Deputado Julio Cesar Delgado responde a inquérito no STF por corrupção.

Deputado Julio Cesar Delgado responde a inquérito no STF por corrupção.

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu inquérito para investigar o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG). O ministro atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) após o nome do parlamentar ter sido citado pelo empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, em depoimento na Operação Lava Jato.

Aos procuradores, o empresário disse que fez doações para as campanhas de 18 políticos, entre eles, Delgado, que teria recebido R$ 150 mil. O pedido de investigação chegou ao Supremo no dia 3 de setembro e já foi encaminhado para a Polícia Federal.

Júlio Delgado disse à que não foi notificado sobre a decisão do ministro, e que está tranquilo. O deputado garantiu que não recebeu qualquer quantia da UTC Engenharia.

Delgado lembrou que, durante o depoimento do empresário na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, na terça-feira (15), indagou Ricardo Pessoa sobre o pagamento. Segundo ele, o dono da UTC não respondeu, mas teria feito um movimento com cabeça que deu a entender que não houve repasse. Na ocasião, Júlio Delgado anunciou o seu desligamento da CPI.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br