Secretário de Relações Interinstitucionais de Feira de Santana, Sérgio Carneiro, e o vereador soteropolitano Henrique Carballal ingressam no PV

Secretário Sérgio Carneiro filia-se ao PV e garante apoio à reeleição de José Ronaldo, além de trabalhar para eleger vereadores do partido.

Secretário Sérgio Carneiro filia-se ao PV e garante apoio à reeleição de José Ronaldo, além de trabalhar para eleger vereadores do partido.

O secretário de Relações Interinstitucionais de Feira de Santana, Sérgio Carneiro, e o vereador soteropolitano Henrique Santana Carballal filiam-se ao Partido Verde (PV). O ato de filiação ocorre no auditório da Câmara Municipal de Salvador (subsolo do prédio da prefeitura), na segunda-feira (14/09/2015), às 18 horas. O evento conta as presenças do presidente nacional da legenda, deputado José Luiz Penna, e do presidente estadual, Ivanilson Gomes.

Curiosamente, os dois novos membros do PV faziam parte do Partido dos Trabalhadores (PT). Ambos deixaram a legenda para participar de projetos políticos liderados pelo Democratas, em Salvador, com Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto); e em Feira de Santana, com José Ronaldo de Carvalho.

Nova direção

Com as novas filiações, o Partido Verde deve passa a contar com a necessidade de reorganizar as executivas nos municípios em Feira de Santana e Salvador. Com relação ao tema, Sérgio Carneiro informou que novas comissões serão designadas, a partir da interlocução com a direção estadual e nacional do PV.

Declaração de apoio

O secretário Sérgio Carneiro declarou que o partido mantém apoio à gestão e a pré-candidatura à reeleição do prefeito José Ronaldo. Ele lembra que o partido mantinha representação no governo municipal através do secretário de Meio Ambiente, Roberto Tourinho. Com a filiação, o PV amplia a participação no governo, passando a contar com duas secretarias.

Ao explicar a filiação ao PV, Carneiro observa que depois de 6 anos no PDT e 16 no PT, entende que o “PV guarda uma coerência. É um partido de esquerda que não se submete ao hegemonismo do PT na esquerda”.

Questionado sobre a participação do PV no pleito de 2016, Sérgio Carneiro informou que:

– Como as estratégias utilizadas nas eleições passadas não resultaram na eleição de vereadores, fiz ver as pessoas com as quais conversei sobre este assunto, que talvez seja o caso de buscar novas estratégias. O importante é que o partido tenha voz na Câmara, casa do povo. – Concluiu.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.