Salvador: economista Ricardo Amorim aponta crise como momento para inovar e prosperar

Ricardo Amorim: “Quando as coisas estão complicadas, se você tem um produto melhor e um atendimento bom, consegue passar por esse momento e o seu concorrente fica no caminho”.

Ricardo Amorim: “Quando as coisas estão complicadas, se você tem um produto melhor e um atendimento bom, consegue passar por esse momento e o seu concorrente fica no caminho”.

Dando início à Semana de Capacitação Empresarial, economista atrai 650 pessoas em megapalestra nesta segunda-feira, (21/09/2015). Salvador – “Fortuna nunca é feita quando as coisas estão fáceis”. Assim o economista Ricardo Amorim lembrou, em megapalestra da Semana de Capacitação Empresarial, nesta segunda-feira, 21, que a crise pode ser uma oportunidade para os empresários baianos. Reunindo mais de 650 pessoas, o evento marcou a abertura da semana realizada pelo Sebrae, que acontece até o dia 26, no Fiesta Convention Center, em Salvador. Em todo o estado, são mais de 50 municípios participantes, com 24 mil vagas.

Após apresentar um panorama da economia brasileira, analisando suas implicações no ambiente dos negócios, Amorim destacou que os empreendedores devem estar atentos ao momento certo de agir. Segundo dados apresentados pelo economista, o principal fator para o sucesso de uma nova empresa é o timing (42%), ou seja, aproveitar a hora certa. Em seguida, vêm a execução (32%), a ideia (28%) e o modelo de negócio (24%).

Segundo Amorim, o cenário que o Brasil vive é um desses momentos-chave para as empresas. “Quando as coisas estão complicadas, se você tem um produto melhor e um atendimento bom, consegue passar por esse momento e o seu concorrente fica no caminho”, ressaltou o economista. “As grandes chances de ganhar dinheiro só existem por causa da crise”, completou.

Como exemplo, ele destacou o Uber, aplicativo que conecta o usuário a motoristas particulares e que nasceu em 2009, de uma ideia na qual poucos acreditavam. No entanto, o momento difícil em que o aplicativo foi lançado transformou a realidade do negócio. “Veio a crise de 2008 e 2009 nos Estados Unidos e muitos decidiram oferecer os seus carros como transporte”, contou Amorim, ao lembrar que, passados seis anos, a empresa vale R$ 100 bilhões.

Apesar dos desafios econômicos atuais, o palestrante frisou que o país, assim como os demais emergentes, ainda tem grandes condições de crescimento. “O Brasil e os emergentes têm mais uns 30 anos favoráveis”, defendeu.

Além do cenário brasileiro, ele também analisou a realidade do Nordeste, a terceira região que mais cresce, atrás do Centro-Oeste e do Norte. Enquanto a indústria, mais presente nas regiões Sul e Sudeste, segue em retração, o agronegócio mantém os estados do norte do Brasil mais fortes, sobretudo no interior. “Faz 15 anos que no Brasil inteiro as cidades que mais crescem são as do interior”, disse.

Semana de Capacitação Empresarial

Com mais de 70 capacitações oferecidas em Salvador, a Semana de Capacitação Empresarial busca preparar e fortalecer as micro e pequenas empresas baianas. “Para o pequeno negócio, é uma oportunidade de elevar a sua competitividade. Quem participar da semana vai sair à frente dos concorrentes, inovando na sua empresa”, ressaltou Rogério Teixeira, gerente regional do Sebrae Bahia em Salvador.

Para facilitar o acesso às capacitações, as entradas serão comercializadas com preços promocionais, que variam entre R$ 15 e R$ 35. Ainda há a possibilidade de adquirir um combo, que inclui outras capacitações, por R$ 40. As vagas são limitadas, com inscrições online em loja virtual, no site da semana (www.semanasebrae.com.br).

Na capital, também é possível garantir a vaga nas capacitações em estandes de vendas do Sebrae, localizados no Salvador Shopping e no Shopping Bela Vista, ou nos pontos de atendimento da instituição pela cidade, nas Mercês, Liberdade, Itapagipe ou no SAC Empresarial Boca do Rio.

Os empresários que aproveitarem diversas oportunidades da Semana de Capacitação Empresarial poderão parcelar as compras no cartão em até 10 vezes, com parcela mínima de R$ 50, em qualquer um dos pontos de compra.

Mais informações e a programação completa da Semana de Capacitação Empresarial estão disponíveis no site do evento (www.semanasebrae.com.br).

Movimento Compre do Pequeno Negócio

A Semana de Capacitação Empresarial integra a programação do Movimento Compre do Pequeno Negócio, lançado em agosto pelo Sebrae Nacional e que pretende gerar a conscientização da sociedade em torno do consumo de produtos e serviços de micro e pequenas empresas, para fortalecer a economia brasileira.

A ideia é que, durante o evento, os donos de pequenos negócios se preparem para receber os clientes no dia 5 de outubro, o Dia da Micro e Pequena Empresa, que marca a data oficial do movimento.

Na ocasião, os consumidores serão convocados a comprar dos pequenos negócios, para apoiar e fortalecer o segmento, que representa mais de 95% do total de empresas brasileiras. As micro e pequenas empresas também respondem por 27% do PIB no Brasil e por 52% do total de empregos com carteira assinada – mais de 17 milhões de vagas.

Outras publicações

Campanha: Mulher é pra se Cuidar, é lançada no Campo Grande em Salvador A campanha ‘Mulher é pra se cuidar’ foi lançada nesta terça-feira, 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Um bloco sem cor...
Salvador: Nando Reis apresenta show ‘voz e violão’ no teatro Castro Alves Nando Reis apresenta show em Salvador. Em turnê por todo o Brasil, por conta do seu mais novo disco, “No Recreio – Voz Violão”, gravado ao vivo em S...
Salvador: obras do metrô da Estação Pirajá seguem em ritmo intenso Obra da estação de metrô Pirajá, em Salvador. O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, visitou neste sábado (17/01/2015) as ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br