Salas de cinema da Bahia exibem filme ‘A Coleção Invisível’ em sessões com audiodescrição para deficientes visuais

Cena do filme ‘A Coleção Invisível’.

Cena do filme ‘A Coleção Invisível’.

Com o objetivo de difundir a cultura da forma mais ampla possível, a produção do filme A Coleção Invisível realizará, na capital e no interior da Bahia, sessões gratuitas voltadas para pessoas com deficiência visual que poderão acompanhar e vibrar com o filme que aborda o tema da visão e da cegueira. Dirigido por Bernard Attal, A Coleção Invisível foi produzido pela Santa Luzia Filmes e Ondina Filmes com apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura através do edital de Literatura do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

O projeto começa em Salvador com uma sessão na próxima sexta, (25/09/2015), na Sala Walter da Silveira, na Biblioteca Central dos Barris, com início às 17h. Outra sessão acontecerá em Salvador no Centro de Apoio Pedagógico no dia 8.10, às 15h30. Estão previstas ainda exibições em salas de cidades do interior, com início no dia 02.10, em Irecê, com duas sessões na Adevir – Associação de Deficientes Visuais de Irecê e Região, às 15h e às 17h. Após cada sessão, o diretor do filme estará presente para um debate com o público.

Através da audiodescrição, pessoas com deficiência visual poderão acompanhar cada detalhe da exibição, pois o recurso consiste na descrição clara e objetiva de todas as informações visuais que não estão contidas nos diálogos, como, por exemplo, expressões faciais e corporais que comuniquem algo, informações sobre o ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela.

O filme, que também será lançado brevemente em DVD e BluRay, já conquistou várias premiações no Brasil e no exterior como Melhor Filme em Gramado, Lisboa, Bogotá, Nova Iorque e Paris. A Coleção Invisível é uma adaptação de conto do escritor austríaco Stefan Zweig, e tem como cenário a região cacaueira. No elenco principal estão os atores Walmor Chagas, em sua última apresentação artística, Vladimir Brichta e Ludmila Rosa.

Outras publicações

O governo da Bahia investiu cerca de R$ 30 milhões para vacinar a população A Bahia apresenta um dos menores índices de incidência de meningite entre os estados que têm registrado a doença. Dados do Ministério da Saúde apontam...
DEM oficializa candidatura de Paulo Souto ao governo da Bahia O Partido Democratas (DEM) oficializa a candidatura de Paulo Souto, ao governo da Bahia, que terá como vice o ex-prefeito de Guanambi, Nilo Coelho (PS...
Vereador Bastinho critica os governos estadual e federal pelas privatizações e cobranças de pedágios nas BRs-324 e 116 O vereador José Sebastião – Bastinho – (PRTB), durante seu discurso na sessão legislativa desta terça-feira (30/11/2010), teceu duras críticas aos Gov...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br