Petroleiros anunciam greve por tempo indeterminado

Federação Única dos Petroleiros protocolou na Petrobras o comunicado de greve por tempo indeterminado.

Federação Única dos Petroleiros protocolou na Petrobras o comunicado de greve por tempo indeterminado.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) protocolou na quarta-feira (02/09/2015) na sede da Petrobras, o comunicado de greve por tempo indeterminado, a partir da próxima sexta-feira (4), em todas as unidades administrativas e operacionais da empresa.

A greve atinge também as instalações da Transpetro, empresa responsável pelo processamento de gás natural, além de atuar nas operações de importação e exportação de petróleo e derivados, gás e etanol.

De acordo com a FUP, a paralisação é contra o novo Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2015-2019, que prevê a venda de US$ 57,7 bilhões em ativos, além de cortes de US$ 76 bilhões em investimentos e despesas.

A Petrobras informou, em nota, que recebeu da entidade uma pauta denominada de “pauta política”, em que constam itens relativos ao Plano de Negócios e Gestão da companhia. A empresa agendou reunião com os representantes sindicais para esta quinta-feira (3) para tratar do processo de negociação do acordo coletivo 2015.

A estatal diz ainda que foi comunicada, ontem (1º), pela FUP sobre a greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira (4). A companhia afirma que está aberta ao diálogo para dar início às negociações do acordo coletivo, cuja data-base da categoria é setembro.

Outras publicações

Governo brasileiro vai abandonar o debate sobre proibição da propriedade cruzada nos meios de comunicação De acordo com o Ministro das Comunicações Paulo Bernardo, o governo decidiu abandonar o debate sobre a proibição da propriedade cruzada nos meios de c...
Ilhéus: Memorial Misael Tavares participa da 13ª Semana Nacional de Museus Vista aérea de Ilhéus. Município participa da Semana Nacional de Museus. O Memorial Misael Tavares, localizado no Ilhéus Hotel, promoverá vários eve...
“Reduzir a maioridade penal é um trágico retrocesso e não resolverá o problema da violência”, avalia deputado Bira Corôa: "A violência não será solucionada com a culpabilização e punição, mas pela ação da sociedade e governos nas instâncias psíquicas, sociais...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br