Parque Nacional da Chapada Diamantina: o município de Andaraí

Chapada Diamantina, sede do município de Andaraí, Praça do Sol.

Chapada Diamantina, sede do município de Andaraí, Praça do Sol.

Chapada Diamantina, município de Andaraí, distrito de Igatu.

Chapada Diamantina, município de Andaraí, distrito de Igatu.

Imagem panorâmica da Chapada Diamantina, município de Andaraí, compreendendo o rio Paraguaçu e a ponte da BA-142 sobre o rio. Imagem captada a partir da Toca do Morcego, loja de produtos artesanais da região.

Imagem panorâmica da Chapada Diamantina, município de Andaraí, compreendendo o rio Paraguaçu e a ponte da BA-142 sobre o rio. Imagem captada a partir da Toca do Morcego, loja de produtos artesanais da região.

A cidade de Andaraí, na Bahia, está localizada no centro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, aos pés da Serra do Sincorá, com as nascentes que se transformam em belos córregos que passeiam tranquilos sobre as pedras. Seu nome de origem indígena significa rio de morcegos, por conta das inúmeras cavernas e grutas existentes no local.

O diamante e o ouro encontrados na região ficaram no passado e atualmente a maior atração da cidade são as belezas naturais e histórico culturais, expressadas nos lindos casarões em arquitetura colonial. Andaraí foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Entre as atrações naturais mais visitadas do Parque Nacional da Chapada Diamantina, que estão localizadas próximo a Andaraí, estão o Morro do Pai Inácio, um belo monumento natural, o Poço Azul, o Pantanal dos Marimbus, a Gruta da Paixão, a Gruta da Torrinha, a Cachoeira do Roncador, a Gruta da Pratinha, a Trilha Guiné-Andaraí, a Cachoeira da Fumaça e o Poço Encantado.

Para quem gosta de uma festa típica religiosa a cidade promove todos os anos a do Divino Espírito Santo, com farta culinária regional – não deixe de provar o Cortadinho de Palma, o Godó de Banana e a Moqueca de Molé.

Andarai, proveniente da língua indígena dos Cariris, os primeiros habitantes dessa região, tendo como seusignificado “Rio dos Morcegos”. A cidade foi fundada em 1845, pelo capitão Joaquim de Figueredo, vindo de Minas Gerais com toda sua família e empregada em busca de diamantes e ouro. Assim foi construída a cidade de Andaraí, com grandes casarões datados dos séculos XIX e XX.

Com localização privilegiada, ao lado do rio Paraguaçu, dando acesso à estrada que liga Mucugê a Lençóis. Constituído predominantemente pela Serra do Sincorá, que abrange a maior parte da Chapada Diamantina, situada na região central da Bahia. Possuindo um sítio de grande beleza paisagística, devido ao modelo de suas serras e amplas chapadas. Essas escarpas permitem o exame de sua geologia, onde tempos atrás foram explorados diamantes e carbonatos. O principal rio dessa região é o rio Paraguaçu. Após atravessar a serra do Sincorá, desde a localidade de Comércio de Fora, ele a deixa na localidade de passagem de Andaraí, formando a cachoeira da Donana. Logo em seguida, prossegue em direção ao oceano Atlântico, na Baía de todos os Santos.

É na serra do Sincorá que há uma concentração de diamantes e carbonato, sendo uma das matérias – primas para o garimpo. Este era a utilizado de forma artesanal, caracterizada por um jeito primitivo de mover pedras e retirar cascalho com enxadas, utilizado também alavancas, ferramentas que

causavam baixos impactos ambientais. Já na década de 30, é introduzido na região ás maquinas a vapor, que por sua vez eram utilizadas somente água das grandes crateras, gerando grandes impactos ambientais, com agressões oriundas da prática ilegal de se garimpar, com sua extinção em 1996.

Com o intuito de salvarguardar a biodiversidade dessa região, representada pela fauna e flora, é fundado o Parque Nacional da Chapada Diamantina em 1985, incentivando o turismo e a pesquisa cientifica. A área total do parque é de 152.000 há. E abriga mais da metade da serra do Sincorá.

Melhor época para viajar

A melhor época para conhecer a Chapada vai de fevereiro a outubro, no período entre chuvas, que são mais intensas nos meses de novembro, dezembro e janeiro, podendo atrapalhar o passeio em função do mal tempo.As paisagens são de uma beleza rara, lembre-se de parar para apreciar o que a Chapada Diamantina tem a oferecer. As festas locais também são muito interessantes, especialmente a Festa do Divino, que é comemorada em toda a Chapada, no entanto, é mais tradicional na cidade de Andaraí.

Local Distância / Tempo Acesso
Cachoeira do Ramalho 6 Km A pé
Rio Paraguaçu 40 min 5min A pé ou Carro
Poção da Paraíba 2 Km A pé ou Bicicleta
Vale do Pati 18 Km A pé
Bocório 40 min A pé
Três Barras 1h 30 min A pé
Lapa do Bode 100 m A pé
Igatu 12 Km Carro
Poço Encantado (Itaetê) 38 Km Carro
Poço Azul 44 Km Carro
Mucugê 46 Km Carro
Cachoeira do Roncador 17 Km Carro ou Trilhas
Pantanal do Marimbus 8 Km Carro e Barco
Projeto Sempre-viva 42 Km Carro

*Com informações da Prefeitura Municipal de Andaraí.

Confira imagens de Andaraí

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br