Oferta onerosa de 25,2% do faturamento bruto da Zona Azul de Feira de Santana levanta questionamento sobe a capacidade de execução do serviço contratado

Prefeitura Municipal de Feira de Santana pode vir a assinar contrato inexequível.

Prefeitura Municipal de Feira de Santana pode vir a assinar contrato inexequível.

Na segunda-feira (28/09/2015) a empresa Sinal Vida, vencedora da licitação da Zona Azul de Feira de Santana, apresentou uma das mais elevadas propostas de oferta onerosa para exploração do serviço de estacionamento de veículos na zona urbana central do município. Ela destinou 25,2% do valor arrecadado bruto para a Prefeitura de Feira de Santana.

Segundo levantamento no setor, trata-se de uma das maiores ofertas na modalidade em nível nacional. Observa-se que a média de oferta onerosa, no país, fica entre 8% e 10%. A discrepância de percentuais suscita dúvida sobre como a empresa pretende atender os requisitos do contrato. Observando que além dos 25,2%, a Sinal Vida tem que pagar 8,65% de impostos (PIS, COFINS e ISS), e de 30 a 32% de imposto de renda de pessoa jurídica conforme o faturamento.

Curiosamente, além dos impostos, a empresa vai ter de usar a diminuta margem de 34% sobre o faturamento bruto para efetuar pagamentos e investimentos. Com esse percentual a empresa terá que pagar pessoal, aluguel de escritório e veículos, despesas operacionais, investir em equipamentos, e manter um fundo de reserva para manutenção e modernização do sistema.

Observa-se que a Prefeitura de Feira de Santana pode estar celebrando um contrato inexequível, e caso insista, pode ser mais um dos contratos que ao invés de trazer conforto e melhorias para a sociedade trará mais transtornos e denúncias.

Segundo a Prefeitura de Feira de Santana, para declarar o vencedor do processo licitatório é necessário aguardar o prazo recursal de cinco dias. “Aguarda-se agora pelo fim do chamado prazo recursal, para que o Governo Municipal possa assinar o contrato com a empresa e determine o início das providências para que a Zona Azul seja colocada em prática.”, informou.

Sobre o sistema

A Zona Azul é um sistema gerenciador de estacionamentos que disciplina, no centro comercial das cidades de médio e grande porte, o uso de vagas para automóveis. O serviço é pago, mas com valores bem abaixo dos que são praticados na praça pelas empresas que oferecem vagas em estacionamento.

Leia +

Oferta onerosa de 25,2% do faturamento bruto da Zona Azul de Feira de Santana levanta questionamento sobe a capacidade de execução do serviço contratado

Documentos referentes a qualificação técnica da SinalVida em Vitória de Santo Antão possuem indício de fraude e foram utilizados na licitação da Zona Azul de Feira de Santana

Documentos referentes a qualificação técnica da SinalVida em Jacobina possuem indício de fraude e foram utilizados na licitação da Zona Azul de Feira de Santana

SinalVida Ltda encaminha direito de resposta sobre documentação apresentada no processo licitatório da ‘Zona Azul’ de Feira de Santana

Feira de Santana: SinalVida encaminha direito de resposta; afirmações e documentação confirmam que empresa não opera Zona Azul de Vitória de Santo Antão

Prefeitura de Feira de Santana publica decreto revogando processo licitatório da Zona Azul

Ministério Público pode ser acionado em decorrência de indícios de fraude no processo licitatório da Zona Azul de Feira de Santana

Zona Azul: vereador da Vitória de Santo Antão aponta deficiência na atuação da SinalPark no município

Parecer da Procuradoria-Geral do Município de Feira de Santana confirma vício em documentação entregue pela SinalVida, durante processo licitatório da Zona Azul

Falhas no parecer do PGM de Feira de Santana e em posicionamento da Comissão de Licitação sobre processo licitatório da Zona Azul expõem prefeito a representação no MPBA

Outras publicações

Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana emite nota de repúdio contra a presidente da APLB Marlede Oliveira Marlede Oliveira é acusada pelos membros do Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana de ser uma pessoa agressiva e desrespeitosa. Em nota de...
Prefeitura de Feira de Santana vai construir creches em mais dois bairros prefeito José Ronaldo anuncia investimentos em creches. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia) O Governo Municipal vai construir duas creches-...
Sesp e Aefes realizam consulta pública sobre Plano de Resíduos Sólidos de Feira de Santana A Secretaria de Serviços Públicos e a Agência Reguladora de Feira de Santana realiza pelo período de um mês, do dia 22 de setembro até o dia 22 de out...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.