Implantação do BRT de Feira de Santana é tema de debates na Câmara Municipal

José Carneiro Rocha: “Eu confesso que este assunto já está muito debatido, o BRT é uma realidade, o BRT vai acontecer, porque entendemos que o BRT é necessário se implantar na cidade”.

José Carneiro Rocha: “Eu confesso que este assunto já está muito debatido, o BRT é uma realidade, o BRT vai acontecer, porque entendemos que o BRT é necessário se implantar na cidade”.

A implantação do sistema de transporte BRT em Feira de Santana voltou a ser tema de discurso do líder do Governo, José Carneiro Rocha (PSL), na sessão ordinária da Câmara Municipal, desta terça-feira (15/09/2015).

“Eu confesso que este assunto já está muito debatido, o BRT é uma realidade, o BRT vai acontecer, porque entendemos que o BRT é necessário se implantar na cidade”, disse o líder governista, respondendo as críticas dos vereadores da oposição às obras de implantação deste novo sistema de transporte público em Feira de Santana.

Ele lembrou que quando o prefeito José Ronaldo (DEM) apresentou o projeto do BRT de Feira de Santana a presidente Dilma Rousseff (PT) e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, estavam presentes, “querendo ser o pai da criança. E, durante todo esse processo, a gente ouvia o deputado Zé Neto assumir publicamente que era um projeto do Governo Federal e defendia o BRT”.

Partindo desse pressuposto, José Carneiro afirmou que começa acreditar que “a politicagem, a forma politiqueira de angariar votos, às vezes, muda o comportamento dos políticos que têm uma imagem tão desgastada neste país. É por essa e outras razões que os políticos não têm credibilidade”, avalia.

Ele acrescentou: “enquanto o deputado Zé Neto cantava em verso e prosa que o BRT era um projeto do Governo Federal, enquanto dona Dilma e seu Gilberto Kassab estavam aqui iniciando as obras com o prefeito José Ronaldo, alguns subordinados agora, de forma politiqueira, querem, de alguma forma, descaracterizar e prejudicar a obra”.

José Carneiro fundamentou seu discurso com uma nota do Blog do Velame, intitulada “BRT é usado de forma eleitoreira por oposição”. (http://www.blogdovelame.com.br/post.asp?id=5154). Ele disse que não tem motivos para não acreditar na referida publicação. “É forma politiqueira, é forma para angariar votos e tentar, de alguma forma, enfrentar José Ronaldo de Carvalho, que indiscutivelmente é a maior liderança deste município, politicamente falando”, pontuou.

Em aparte, o líder da bancada de oposição, vereador Alberto Nery (PT), declarou: “Vossa Excelência tem que acabar com esse discurso de quem não diz amém ao seu rei, faz politicagem. Olha, em nenhum momento o deputado Zé Neto e nós da oposição  pronunciamos contra o BRT, nós nos posicionamos contra a proposta que está sendo colocada para o nosso município. Vossa Excelência tem que ter coerência naquilo que fala, porque o que nós colocamos é que não houve um debate amplamente com a sociedade para que fosse implementado o BRT”.

Novamente com o uso da palavra, José Carneiro afirmou que no lançamento do BRT um grupo de oposicionistas, “uma turma de vermelho, patrocinada por alguém, tentou ensaiar uma vaia para o prefeito José Ronaldo, sabe por quê? Porque tinha ali apenas uma coisa chamada cor partidária”, disse o governista, reiterando que, realmente, “a politicagem está falando mais alto do que o interesse maior pela cidade”.

Para o vereador, as pessoas que estão acampadas na avenida Maria Quitéria protestando contra o BRT são patrocinadas por algum partido político de oposição ao governo do prefeito José Ronaldo.

Beldes defende oposição de críticas sobre posição contrária ao BRT

O vereador Beldes Ramos (PT), em pronunciamento nesta terça-feira (15), na tribuna da Casa da Cidadania, defendeu os manifestantes das críticas proferidas pelo vereador Marcos Lima (PRP) de que a oposição está utilizando o projeto do BRT de forma eleitoreira.

Inicialmente, o petista rebateu a fala do edil Luiz Augusto de Jesus, o Lulinha (PEN), de que nunca se viu tantas obras no município como na gestão do prefeito José Ronaldo de Carvalho. “Aquele Título de Cidadão Feirense para o vereador Lulinha, que foi aprovado, vamos suspender porque ele está vivendo em outra dimensão, pois ele dizer que na cidade está tudo bem, tudo ótimo. Dizer que a população está elogiando o transporte público de Feira, o que ouço no dia a dia é o contrário. Não tem ninguém satisfeito com o transporte. Feira nunca passou um tormento tão grande como estamos vivendo nesta gestão”, afirmou.

Para Beldes, o BRT é que está sendo usado de forma eleitoral pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho. “O BRT hoje é o mote para oposição, mas para o Governo Municipal também. O prefeito José Ronaldo vê na construção dessa obra, mesmo com todos os equívocos, a sua grande tábua de salvação, uma forma política. Aos colegas que me antecederam no uso da tribuna, que dizem que a oposição está usando o BRT como mote eleitoreiro, mais ainda está usando o prefeito”, afirmou.

Em sua opinião, se a preocupação do gestor municipal fosse com a população, o prefeito José Ronaldo teria discutido o projeto do BRT com os principais interessados na melhoria do transporte público.

“Se ele quisesse mesmo o BRT para a população, haveria a humildade do prefeito em ouvir a população. A forma que a oposição tem de ser ouvida é acampar; ou acampa ou não é ouvida. Com a estratégia de tentar amedrontar, chegou um grupo dizendo que é a favor do BRT, atirando fogos, rojões e um deles atingindo o estudante Bruno, que está com uma cicatriz no rosto. Querem empurrar sem explicar para a população o que é o BRT. A estratégia política de campanha está nos debates, nas movimentações, nas manifestações”, avalia.

Em aparte, o vereador José Carneiro (PSL) se pronunciou sobre o assunto. “Como Vossa Excelência encara empurrar goela abaixo, já que Vossa Excelência participou de discussões, debates, embates em audiências públicas para o BRT? Se teve discussão, se teve audiência não é empurrar goela abaixo”, argumentou o líder governista.

O vereador petista retomando a palavra rebateu. “Nas audiências estavam 90% das pessoas que participavam como lagartixas, funcionários da Prefeitura, que apenas balançavam a cabeça”, criticou Beldes, lembrando a ausência de atualização do plano de mobilidade e do plano diretor.

Na sequência, o vereador Marcos Lima (PRP) participou do debate. “O projeto foi aprovado pelo Ministério das Cidades, Ministério Público Federal e Estadual. Não tem mais o que questionar. Nossa preocupação é o desenvolvimento da cidade, que não pode parar”, declarou.

Também em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) lembrou que o projeto inicial do BRT foi na gestão do prefeito Tarcízio Pimenta. “O autor foi o prefeito Tarcízio Pimenta, que o encaminhou para o Ministério das Cidades. Já esta gestão esteve aqui na Casa, apresentou projeto, mas os vereadores não tinham o direito de opinar. Fez duas audiências com o servidor público, mas não fez com quem vai usar o sistema, como no bairro do Tomba, Feira X, Cidade Nova. Querer tapar a vista das pessoas e dizer que estão querendo enganar o povo, não tivemos participação nenhuma no projeto que aí está”, disse petista.

Retomando o discurso, Beldes avaliou que as audiências públicas não contaram com a presença popular por conta da falta de divulgação. “Audiência pública é debate, é discussão, é ouvir os mais interessados que não foram ouvidos. Os mais interessados do Tomba, Feira VII, Viveiros, Novo Horizonte, não foram ouvidos, porque não se deu publicidade, a mesma publicidade que se dá com ruas que ainda serão inauguradas o calçamento. Quando se trata de um projeto dessa dimensão não se vê uma chamada na televisão. Não venham dizer que o projeto é eleitoreiro, pois o prefeito quer é dizer: “fiz uma obra”, pontuou o edil.

Para Marcos Lima, oposição luta contra o BRT

O vereador Marcos Lima (PRP), durante pronunciamento nesta terça-feira (15), na tribuna da Casa da Cidadania, utilizou uma nota do Blog do Velame para criticar a oposição pelo posicionamento que está tendo na questão do BRT de Feira de Santana.

“Queria aqui neste momento falar sobre uma matéria no Blog do Velame, sob o título: BRT é usado de forma eleitoreira por oposição”, disse Marcos Lima, que fez a leitura da referida publicação.

“Impedir o prosseguimento das obras do BRT parece ter virado uma questão eleitoral para a oposição de Feira de Santana. Em uma gravação que está circulando em grupos do Whatsaap, o engenheiro Franklin Ferreira, irmão do deputado estadual Zé Neto (PT), dar a entender que barrar o BRT com ajuda do deputado Fernando Torres (PSD) garante um segundo turno na eleição municipal em 2016”, diz o texto do Blog do Velame.

Na oportunidade, Marcos Lima chamou atenção para o fato de que as pessoas que estão acampadas na avenida Maria Quitéria, atrapalhando as obras do BRT, têm ligação política.

“Nossa preocupação é ver que estão tentando, de todas as formas, atrapalhar as obras do BRT. Tem um grupo atrapalhando há semanas, ali está candidato a prefeito, pessoas do sindicato dos professores, que são candidatas a vereador. Não são pessoas comuns que estão lutando contra as obras, mas sim pessoas que têm interesse político. O BRT é o desejo de várias capitais do Brasil e muitos não tiveram capacidade para adquiri-lo. O BRT está se implantando aqui em Feira de Santana e movimentos políticos estão tentando atrapalhar o progresso da cidade”, criticou.

Outras publicações

Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 19 de agosto de 2014 A matriarca Maria Beatriz Rocha de Carvalho que completou domingo ultimo, cem anos de vida. No flash de alguns anos atrás, ladeada por sua filha Elia...
Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 15 de setembro de 2014 Celso Pereira reassumiu a Confraria dos Gastronomos, no Vitrô. O poeta Roberval Pereyr no I Colóquio de Poesia Contemporânea, na Uefs. O colu...
Carlos Geilson quer debater criação da Região Metropolitana de Feira de Santana e Luizinho Sobral pede reabertura do Hospital Municipal de Irecê Carlos Geilson quer debater criação da Região Metropolitana de Feira de Santana O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) apresentou hoje (15/02/2011)...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br