Horas excedentes de professores foram pagas em janeiro, informa Prefeitura de Feira de Santana

Paço Maria Quitéria, sede da Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

Paço Maria Quitéria, sede da Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

A Prefeitura de Feira de Santana informa que os professores da rede municipal que têm jornada de trabalho semanal de 20 horas devem observar, nos seus contracheques, que o pagamento sobre as horas excedentes do ano passado. Acúmulo de 1/3 do salário foi efetuado em janeiro deste ano, como previsto.

Este acordo foi fechado no ano passado, entre o prefeito José Ronaldo e o representante, na época, da entidade sindical da categoria. Ficou acertado, também, que teriam direito ao pagamento o professor que trabalhasse durante pelo menos 11 meses – em jornada excedente.

“Nem todos que deram entrada na revisão estavam de acordo ao acertado entre a Prefeitura e a entidade representativa da categoria”, afirmou o secretário municipal de Administração, João Marinho Gomes Júnior. “Quem não atendeu a esta norma teve a iniciativa indeferida”, explicou. Alguns autores ingressaram recentemente no serviço público.

O secretário ainda disse que caso exista diferença a ser paga, o professor vai receber na folha do próximo mês. João Marinho afirmou que a Secretaria de Administração está à disposição dos professores para que suas dúvidas sejam devidamente esclarecidas.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br