Em evento na Alba, deputado José de Arimateia celebra Semana Nacional do Transplante

José de Arimateia: “Desde o meu mandato como presidente da Comissão de Saúde e hoje como vice-presidente, visto essa camisa. Hoje, na Bahia, são mais de dois mil pacientes na fila, por falta de conscientização e políticas de incentivo.".

José de Arimateia: “Desde o meu mandato como presidente da Comissão de Saúde e hoje como vice-presidente, visto essa camisa. Hoje, na Bahia, são mais de dois mil pacientes na fila, por falta de conscientização e políticas de incentivo.”.

Membros da comunidade comemoram evento ao lado do deputado José de Arimateia Coriolando Paiva.

Membros da comunidade comemoram evento ao lado do deputado José de Arimateia Coriolando Paiva.

Apresentação da Semana Nacional do Transplante na Bahia na Alba.

Apresentação da Semana Nacional do Transplante na Bahia na Alba.

O incentivo à doação de órgãos foi o grande mote da manhã desta quarta-feira (23/09/2015) no Memorial da Assembleia Legislativa da Bahia. Defensor e incentivador constante da causa, o vice-presidente da Comissão de Saúde e Saneamento, deputado José de Arimateia (PRB), promoveu um evento em apoio à Semana Nacional do Transplante na Bahia, no intuito de fomentar a campanha.

Na ocasião, foram discutidas as situações da fila para o transplante, assim como dos pacientes transplantados na Bahia. Para reforçar o movimento pela doação de órgãos, a celebração contou com a presença de jogadores de futebol, stands de informações do HEMOBA e da Central de Transplantes, além de exposição e venda de artesanatos, com o intuito de arrecadar fundos para a Associação dos Transplantados da Bahia (ATX-BA).

Confiante, o deputado Arimateia reforçou a necessidade da conscientização das pessoas a respeito do tema. “Desde o meu mandato como presidente da Comissão de Saúde e hoje como vice-presidente, visto essa camisa. Hoje, na Bahia, são mais de dois mil pacientes na fila, por falta de conscientização e políticas de incentivo. A negativa da família está em 70% dos casos e isso mostra que as pessoas precisam tomar consciência da importância deste ato, pois a vida tem um prazo, mas quando se doa um órgão, se salva uma vida”, analisou o parlamentar.

Para ilustrar o atual panorama da doação de órgãos na Bahia, o médico e Coordenador Estadual de Transplante da Sesab, Dr. Eraldo Moura, diz que existem dois segmentos. Um de pessoas que necessitam e outro, das pessoas que trabalham com a causa. Segundo ele, o restante da população ainda ignora. “Lamentavelmente, a grande maioria dos pacientes necessitados de transplante não está na fila. A identificação dos indivíduos que precisam de um órgão é um trabalho que ainda precisa ser desenvolvido. A cada ação dessa, renovamos a esperança dos dois mil pacientes identificados no estado e de muitos pacientes que vão entrar na fila de transplantes”, relatou Moura.

Coordenadora do Projeto Mulheres em Ação, Rogéria Santos abraça a campanha pelos transplantes através do grupo de movimento social, que reúne setenta mulheres voluntárias, fornecendo treinamento e suporte que as capacitam para conscientizar a população. “Ainda que não tenhamos um problema como esse na família, sempre nos deparamos com alguém que necessita de um transplante, por isso, é muito louvável ver a sociedade civil engajada neste trabalho”, comemorou Rogéria, que soma forças pela causa junto à Associação dos Transplantados da Bahia (ATX-BA). “Pela primeira vez, é instalada uma política como essa. A partir dessa ação, podemos começar a cobrar do poder público. Estou muito esperançosa”, comemorou Márcia Chaves, presidente da ATX-BA.

O jogador do Vitória Ramon usou a analogia para mostrar sua visão e demonstrar, em nome do Clube, o apoio à doação de órgãos. “Quando o professor chamava um jogador pra sair, ele tirava o escudo e dava ao parceiro pra que ele continuasse o jogo. O mesmo acontece na doação de órgãos, quando uma pessoa vai à falência, ela pode doar para que outra pessoa possa viver”, afirmou.

Para marcar o encerramento da Semana Nacional do Transplante, o deputado Arimateia promoverá, no dia 29 de setembro, uma Audiência Pública na Comissão de Saúde e Saneamento da ALBA, com a participação dos Secretários Estadual e Municipal de Saúde, do Coordenador Estadual de Transplante, Dr. Eraldo Moura, além de associações afins e sociedade civil.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br