Deputado cobra intervenções da Viabahia, em audiência na ALBA

Durante audiência pública Viabahia foi cobrada para que promova investimentos.

Durante audiência pública Viabahia foi cobrada para que promova investimentos.

Em audiência nesta quarta-feira (16/09/201) com o Paulo André Lopes, diretor presidente da Viabahia, o deputado estadual Carlos Geilson voltou a cobrar soluções da concessionária em relação a alguns pontos cruciais, referentes à BR-324 e BR-116 Sul. Na reunião, para acompanhamento das obras, que aconteceu na Assembleia Legislativa da Bahia, o parlamentar lembrou do Conjunto Viveiros, em Feira de Santana, que ficou praticamente isolado, após a duplicação do Anel de Contorno, uma vez que o retorno ficou muito longe e não foi feito uma passagem de nível neste local.

O deputado ainda criticou a morosidade na duplicação da rodovia que liga Feira e Cabaceiras do Paraguaçu. “Falando sobre estrada aproveito para lembrar da entrada de Antônio Cardoso, pois hoje o motorista se arrisca ficando no acostamento para conseguir fazer o cruzamento, para ter acesso à cidade”. Geilson cobrou também a finalização do viaduto da Estrada do Feijão, que teve os ferros descobertos há meses, mas até hoje continua com as obras paradas. “Melhorou as intervenções na BR-324, mas sabemos que ainda precisa ser feita uma terceira pista de Feira até Simões Filho, e de lá até Salvador uma quarta pista. Essa necessidade é urgente, pois os engarrafamentos são constantes”, frisou.

Em resposta aos questionamentos do deputado Carlos Geilson, o diretor da ViaBahia explicou que houve uma mudança de acionistas e na direção da concessionária, e que muitas ações estão sendo revistas. De acordo com o executivo, a questão da duplicação, por sinal, é a mais urgente a ser resolvida por esta nova gestão. Ele ainda garantiu que até fevereiro de 2016 serão entregues os 12 km restantes, da duplicação da estrada que liga Feira a Cabaceiras do Paraguaçu. E, que o viaduto da Estrada do Feijão, já foi aprovado ontem, assim como as alças de dispositivo de retorno em desnível em Terra Nova e Amélia Rodrigues.

Sobre o retorno do Conjunto Viveiros, na cidade feirense, Carlos Bonini, gerente de Comunicação e relacionamento da ViaBahia, afirmou que a concessionária pediu liberação à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para a realização da obra, mas que foi negada pelo órgão.

Outras publicações

CMFS: vereador critica aumento do ICMS em produtos na Bahia Roque Pereira do Carmo informa que as associações comerciais estão se mobilizando para irem à Assembleia Legislativa protestar contra o projeto do Go...
Senado aprova créditos de mais de US$ 400 milhões para a Bahia Walter Pinheiro destaca levantamento dos recursos. O Plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira (16/07/2014) duas autorizações da União ...
Bahia – Eleições 2014: Lídice da Mata defende redução de desigualdades regionais no Oeste baiano Lídice da Mata: “A população tem que romper as alianças com grupos conservadores, que impedem a execução de projetos estruturantes.". A senadora Líd...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br