Comissão Especial de Inquérito deve investigar rombo de R$ 5 milhões na Secretaria Municipal da Saúde de Salvador, afirma vereador Hilton Coelho

Prefeito Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto), imagem de administração eficiente esbarra em atos de corrupção identificados durante a gestão.

Prefeito Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto), imagem de administração eficiente esbarra em atos de corrupção identificados durante a gestão.

O vereador Hilton Coelho (PSOL) classificou como de extrema gravidade os fatos apontados pela Operação Hígia desenvolvida sob a direção do Ministério Público do Estado (MP). “Queremos que a Câmara Municipal de Salvador instale uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para que cada detalhe do desvio de cerca R$ 5 milhões da folha de pagamentos da Secretaria de Saúde do Município de Salvador (SMS) seja apurado. Em 2013 o prefeito ACM Neto fez uma auditoria nas contas municipais. Se o esquema descoberto pela MP teve como base o ano de 2010, a auditoria foi incapaz ou incompetente de localizar o rombo?”, questiona.

Mesmo com a contribuição prestada pela SMS nas investigações e com a representação em maio de 2015 feita pela secretaria ao MP, o vereador acredita que muito há por ser apurado. “Parabenizamos a operação desencadeada pelo MP, porém a presença da Câmara é fundamental neste processo para apuração de possíveis irregularidades quanto à nomeação de servidores e como os superiores hierárquicos não tomaram conhecimento e nem ao menos desconfiaram de irregularidades”.

A servidora Gilvana Cintra Matos foi apontada como a líder do esquema fraudou as folhas de pagamento desde o primeiro momento em que ocupou a função. “Como uma funcionária, apenas uma, sem ser do quadro fixo e contratada de forma precarizada que já vem do governo de João Henrique, segundo informações do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), tem acesso a contas e senhas do dinheiro da SMS? Há muitas perguntas e poucas respostas. A Câmara de Salvador, como poder constituído para controlas o uso de recursos públicos, precisa se posicionar e instalar uma CEI de forma mais urgente possível”, finaliza Hilton Coelho.

Outras publicações

Salvador: Semps promove Semana do Adolescente em escolas Semps promove Semana do Adolescente em escolas de Salvador. A Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), por meio...
Salvador: deputado Nelson Pelegrino defende legitimidade da ação da OAB contra aumento do IPTU proposto pelo prefeito ACM Neto Nelson Pelegrino : "O problema está na mudança arbitrária da alíquota, bem como na forma de avaliar os imóveis. Pelos cálculos da prefeitura, só exis...
Prefeito de Salvador descarta mais um aliado ao romper aliança com ACM Neto É dado como favas contadas, nos bastidores da política baiana, o rompimento da aliança existente entre o prefeito de Salvador, João Henrique (PP) com ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br