Camacan realiza 1º Festival do Cacau e do Chocolate

Josias Gomes vai ao 'I Festival do Cacau e do Chocolate, em Camacan'.

Josias Gomes vai ao ‘I Festival do Cacau e do Chocolate, em Camacan’.

Secretário de Relações Institucionais do Governo do Estado da Bahia, Josias Gomes visitou neste sábado (29/08/2015) o I Festival do Cacau e do Chocolate, em Camacan, realizado entre os dias 27 e 30 de agosto na Praça Mário Batista. O festival é um dos mais relevantes eventos para o fortalecimento econômico da região cacaueira do Sul da Bahia.

No evento festivo pode participar de diversas atividades ocorridas, a exemplo da tradicional quebra do cacau, das oficinas tecnológicas para o fabrico do chocolate, e visita aos 40 estandes que apresentavam e comercializavam os derivados do cacau para toda a população dos dez municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal Da Mata Atlântica (Cima): Camacan, Pau Brasil, Mascote, Itaju do Colônia, Jussari, Arataca, São José da Vitória, Uma, Canavieiras, e Santa Luzia, cujo prefeito, Antônio Guilherme dos Santos, preside o Cima.

O Festival do Cacau faz parte das comemorações – com muito chocolate – dos 54 anos da emancipação política – festejada nesta segunda-feira (31) – de Camacan, município situado a 127 km de Ilhéus, e que faz parte do Território de Identidade Litoral Sul.

A prefeita de Camacan, Maria Angela da Silva Cardoso Castro , recepcionou Josias Gomes e os demais visitantes, como Jeandro Laytynher Ribeiro, superintendente técnico da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e José Alberto dos Santos Rocha, prefeito do município de Pau Brasil.

“A festa agradou a todos, tivemos muito apoio e elogio e a população da região já está nos cobrando a sua realização em 2016. Tivemos cerca de 15 mil visitantes e turistas – uma média de 5 mil pessoas/dia – nos três dias do Festival, que também teve boas atrações musicais, que animaram o público”, festeja a prefeita de Camacan.

Apoio do Estado – O evento teve o apoio do Governo da Bahia, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). De acordo o superintendente da CAR, Jeandro Ribeiro, o Festival tem entre seus objetivos promover um intercâmbio entre os produtores de cacau e chocolate, além de servir para uma troca de experiências entre eles.

“Esse evento é um espaço que reúne ainda novas tecnologias que possibilitam a diminuição do custo de produção, e dá a oportunidade a municípios como Camacan, que também é produtor de cacau, de conhecer produtores que participam de festivais internacionais, como o que acontece em Ilhéus, além de ser um espaço que viabiliza a divulgação do potencial turístico de aventura e agro-ecológico, além de outros produtos da região”, analisa Ribeiro.

A iniciativa é do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA) e Sindicato Rural de Camacan, e teve em sua programação, shows com atrações da região, oficina tecnológica desenvolvida pelo Instituto Federal (IF) Baiano, sobre a produção de amêndoas de cacau, de palestras sobre temas relacionados à industrialização, verticalização da produção e melhoria da qualidade do produtos derivados do cacau, além da realização da Copa Cacau de Basquete.

Quem visitou o evento teve a oportunidade de experimentar uma diversidade do delicioso chocolate produzido na região e em outras regiões da Bahia, além de provar o licor e os doces feitos a partir do cacau, de expositores como Mendoá, Chor, Sagarana, Costa Negro, Sabores do Cacau, Coofasulba e Chocolate da Bezinha.

Os participantes tiveram, ainda, a possibilidade de conhecer os atrativos turísticos, culturais, históricos e a beleza natural das praias e fazendas de cacau da região. Segundo Ribeiro, o Festival do Chocolate e do Cacau de Camacan contou também com o apoio da MVU Promoções & Eventos, Instituto Biofábrica de Cacau, da Ceplac, Prefeitura Municipal de Camacan, e Senac.

Outras publicações

Camacan: Carlito Francisco de Jesus foi condenado a nove anos e quatro meses de reclusão por atear fogo na mulher Tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e mediante emprego de fogo, com o agravante da vítima ser a sua própria companheira. P...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br