Aviação comercial em Feira de Santana completa um ano

Aeroporto João Durval já transportou mais de 23 mil passageiros, após reforma. Bilhetes podem ser encontrados a preços competitivos, para 100 destinos.

Aeroporto João Durval já transportou mais de 23 mil passageiros, após reforma. Bilhetes podem ser encontrados a preços competitivos, para 100 destinos.

O aeroporto Governador João Durval Carneiro, em Feira de Santana, comemora um ano de operação comercial com voos regulares semanalmente para as principais cidades do país. São aproximadamente 100 destinos à disposição dos feirenses e moradores da região do Portal do Sertão, a partir de conexões. Desde setembro do ano passado, os passageiros não precisam deslocar-se para a capital baiana para viajar de avião.

Após o retorno da operação regular foram 23.078 embarques e desembarques no aeroporto de Feira. Os investimentos de aproximadamente R$ 8 milhões do Governo da Bahia em obras de recuperação do sítio, como a pista de pouso e decolagem, possibilitaram que o terminal voltasse a receber os voos comerciais. O primeiro deles foi realizado em 30 de setembro de 2014, partindo de Campinas com destino a ‘princesinha do sertão’.

Mudanças e novos investimentos

Atualmente são disponibilizados cinco voos regulares por semana para Campinas, com escala em Belo Horizonte, pela companhia Azul Linhas Aéreas. Os bilhetes podem ser encontrados a preços competitivos e o passageiro de Feira pode embarcar para outros destinos, através de conexões, como Rio de Janeiro ou Brasília por R$ 199 o trecho.

Após receber reaparelhamento, nova Seção Contra Incêndio (SCI) e homologar o balizamento noturno, a área de manobras da pista de pouso e decolagem foi entregue, e aeronaves maiores podem pousar no equipamento. Estudos serão realizados para que uma pista auxiliar e um terminal de cargas possam ser construídos no aeroporto, colando a cidade na rota logística do estado e do país.

Aviação Regional

Para conectar o interior baiano ao restante do país, o Governo do Estado tem realizado investimentos para o desenvolvimento dos aeroportos da Bahia. A meta é alavancar a aviação regional, com aumento da capacidade de voos comerciais, favorecendo o transporte de passageiros, o turismo e a atração de negócios. Estão sendo destinados R$ 800 milhões de reais ao setor. Com aporte do Governo Federal, através do Programa de Investimentos de Aeroportos Regionais, 20 aeródromos na Bahia serão beneficiados com novas intervenções. A meta federal é construir ou recuperar um terminal a cada 100 quilômetros nos próximos cinco anos.

Outras publicações

Advogado é encontrado morto em sua residência, em Feira de Santana Foi encontrado morto em cima da cama em sua residência situada na rua Gardênia, bairro Ponto Central, em Feira de Santana, o advogado Manoel Gonçalves...
Câmara Municipal de Feira de Santana aprova projeto de lei que penaliza a prática de trote vexatório nas instituições de ensino superior Foi aprovado em segunda e última votação, na sessão desta quarta-feira (1º/09/2010) da Câmara Municipal,  projeto de lei que dispõe sobre a proibiçã...
CUCA: 1º Congresso de Educação Musical de Feira de Santana, nos dias 26 a 29 de maio, agende-se Nos dias 26 a 29 de maio de 2010, o Seminário de Música do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), vinculado à Universidade Estadual de Feira d...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br