Ao lançar pedra fundamental do fórum de Paulo Afonso, desembargador Eserval Rocha declara: “vamos continuar combatendo a cultura terrível do atraso”

Desembargador Eserval Rocha: "Vamos continuar combatendo a cultura terrível do atraso. Hoje, o nosso Judiciário é forte, firme e se manterá altivo".

Desembargador Eserval Rocha: “Vamos continuar combatendo a cultura terrível do atraso. Hoje, o nosso Judiciário é forte, firme e se manterá altivo”.

“Vamos continuar combatendo a cultura terrível do atraso. Hoje, o nosso Judiciário é forte, firme e se manterá altivo”. Com essas palavras, o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Eserval Rocha, fez o lançamento da pedra fundamental do novo fórum de Paulo Afonso, no Norte do Estado, a 490 quilômetros de Salvador.

O investimento total é de R$ 9 milhões. O prédio, de cinco pavimentos, terá 3,3 mil metros quadrados em uma área de 9,1 mil metros quadrados. O prazo de entrega é 6 de janeiro de 2016.

No breve discurso, o presidente agradeceu a Chesf pela doação do terreno. “Na visita que fizemos em dezembro do ano passado, vimos a necessidade de um novo equipamento para a comarca”, disse.

O juiz Rosalino Almeida, da 1ª Vara Cível de Paulo Afonso, lembrou que “desde o tempo da administração do desembargador Gilberto Caribé, há mais de 10 anos, havia o pleito da construção de um novo fórum”. O magistrado agradeceu a obra e a elevação da comarca à condição de Entrância Final.

Como em outras ocasiões, uma cápsula do tempo com uma cópia do Diário da Justiça, a planta da construção, cédulas e moedas de real, peças de artesanato feito no município e fotos da Mesa Diretora do TJBA foram colocadas na pedra fundamental. Em seguida foi descerrada a placa comemorativa.

Compareceram à solenidade o corregedor das Comarcas do Interior, desembargador Emílio Salomão Pinto Resedá, o procurador do município Flávio Henrique, representando o prefeito Anilton Bastos Pereira, juízes e servidores da comarca, além de advogados que militam na região.

Outras publicações

Justiça proíbe vaquejadas na comarca de Paulo Afonso Justiça acatou pedido e proibiu vaquejada em Paulo Afonso. A Justiça acatou pedido liminar feito em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Públ...
Estação de Caiçara vai produzir 15 milhões de alevinos por ano e Seagri, Secti e Seinfra estruturam cadeia produtiva da pesca em Paulo Afonso “A piscicultura, a pesca e a irrigação são vocações naturais de Paulo Afonso e nós estamos aqui para consolidar esta região como grande pólo produtor ...
MPF em Paulo Afonso propõe 13 ações de improbidade envolvendo 11 prefeituras da região e mais de R$ 3 milhões de prejuízo à União Ministério Público Federal da Bahia. Ações envolvem ex-prefeitos e servidores dos municípios baianos de Fátima, Paulo Afonso, Jeremoabo, Paripiranga...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br