Adufs emite nota criticando construção do BRT como solução para “caos no transporte público de Feira de Santana”

Páginas 1 e 3 da nota da Adufs sobre transporte público do Município de Feira de Santana.

Páginas 1 e 3 da nota da Adufs sobre transporte público do Município de Feira de Santana.

Em nota pública emitida no quinta-feira (03/09/2015), a Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (ADUFS – Seção Sindical do ANDES-SN) criticou a implantação do Sistema BRT pela Prefeitura de Santana, avaliando que não é uma solução para o “caos no transporte público do município”.

Confira trecho da nota: Posicionamento da Adufs frente ao caos no transporte público de Feira de Santana

A Adufs (Seção Sindical do ANDES-SN) vem externar seu posicionamento público frente aos últimos acontecimentos na cidade de Feira de Santana, com a situação de caos estabelecido no transporte público. Entendemos como equivocada a posição política do Executivo Municipal em sintetizar a resolução da problemática relacionada à mobilidade urbana na execução do Projeto de BRT (Bus Rapid Transit).

O BRT contempla apenas 9,25 quilômetros (4,45 quilômetros no corredor Avenida Getúlio Vargas, mais 4,8 quilômetros no corredor Avenida João Durval). Como estão previstas cinco estações no Corredor Getúlio Vargas, pressupõe-se uma estação a cada 890 metros, ferindo a promessa de um sistema rápido de ônibus. Além do mais, se o intuito do referido projeto é diminuir o fluxo de automóveis, o mesmo não contempla uma pesquisa que indique quantas pessoas deixarão de usar seus carros particulares, passando a utilizar o BRT.  É muito provável que, com o encurtamento do espaço das avenidas, sobrará congestionamento de automóveis.

Baixe

Nota da Adufs sobre transporte público do Município de Feira de Santana

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.