Vereadores debatem implantação do Sistema BRT Feira de Santana

Beldes Ramos questionou como o BRT poderá contribuir com a população que reside em bairros periféricos.

Beldes Ramos questionou como o BRT poderá contribuir com a população que reside em bairros periféricos.

O vereador Belder Ramos criticou o pronunciamento do vereador Luiz Augusto (Lulinha sobre o Sistema BRT Feira de Santana.  “O vereador Lulinha diz que quem fala do BRT é porque não conhece e eu digo que se ele defende é porque não conhece. Não estamos discutindo a retirada das árvores, isso é só mais um aspecto para que o BRT não funcione, pois não cumpriu a regulamentação de ter o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), tem que ter o Plano de Mobilidade, e este Município não está respeitando isso”, criticou.

Beldes Ramos questionou como o BRT poderá contribuir com a população que reside em bairros periféricos. “É um BRT que atende de dentro para dentro, como vai ficar os moradores do Feira IX, Feira X, Tomba, Feira VII, Novo Horizonte, entre outros bairros periféricos?”, questionou, afirmando que as comunidades distantes do centro da cidade não será atendida pelo o projeto. “Esta é a discussão que precisa ser feita”, avalia.

Quanto ao argumento de que foi necessária a retirada de árvores para a construção da avenida Nóide Cerqueira, o petista rebateu: “ali foi para abrir avenida, tinha o objetivo de dar mobilidade à cidade. Uma avenida como Getúlio Vargas, um cartão postal da cidade em que você retira as árvores e coloca em outro lugar, traz prejuízos não só com a questão da beleza como também do aquecimento. Por isso é preciso que se pense tudo isso do projeto do BRT, e não este discurso de que queremos travar o crescimento”, disse Beldes.

O edil afirmou ainda que os próprios vereadores não conseguem fazer  uma defesa, por não conhecerem o projeto. “A maioria dos vereadores não tem conhecimento e, por isso, nem pode defender com tanta clareza”, pontuou.

Lulinha diz que centenas de árvores foram retiradas pelos Governos Estadual e Federal e ninguém questiona

A retirada de árvores do centro da cidade para construção do BRT de Feira de Santana voltou a ser tema de discurso do vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (PEN), na manhã desta terça-feira (25), na Câmara Municipal.

De acordo com o edil, a oposição tem reclamado muito da retirada de algumas árvores das avenidas Getúlio Vargas e Maria Quitéria, porém, segundo ele, não houve questionamentos nem mobilizações quando o Governo do Estado e o Governo Federal precisaram retirar centenas de árvores, sobretudo de chácaras, para construção da avenida Nóide Cerqueira e de diversos condomínios do Minha Casa, Minha Vida.

O edil afirmou que a retirada de árvores do centro da cidade é necessária para melhorar a mobilidade urbana de Feira de Santana. Informou também que várias árvores estão sendo replantadas pelo Governo do Município no Parque Erivaldo Cerqueira e no Parque da Cidade, por exemplo.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br