Vereador volta a criticar derrubara de árvores para construção do Sistema BRT Feira de Santana e critica duramente prefeitura

Vereador Edvaldo Lima dos Santos volta a criticar derrubara de árvores para construção do BRT.

Vereador Edvaldo Lima dos Santos volta a criticar derrubara de árvores para construção do BRT.

A derrubada de árvores para a construção do BRT voltou a ser tema de discurso do vereador Edvaldo Lima, na tribuna da Casa da Cidadania, desta segunda-feira (24/08/2015). O edil disse que essa situação tem preocupado não só a ele, como também a imprensa e grande parte da população de Feira de Santana.

“Estou preocupado com Feira de Santana, mas acho que não estou preocupado sozinho, a imprensa e a população também, pois a cidade está um caos”, avalia.

Edvaldo Lima acredita que derrubando as árvores a cidade deixará de “respirar”, e haverá, inclusive, o aumento das temperaturas. “A cidade não terá como respirar, porque o pulmão de Feira está indo para as fogueiras de São João, vão queimar quase 200 árvores para a vaidade do gestor, porque a população inteira está dizendo não a derrubada”, afirmou.

Ele acredita que o calor aumentará com a derrubada das árvores. “Quando retirar as árvores, o calor, que já é de 35°, chegará a 40° e ninguém suportará”, alertou.

O vereador diz que não é contra o BRT, mas a forma como esse sistema de transporte está sendo tratado. “Aceitamos o BRT, mas não aceitamos a derrubada das árvores”, disse.

Na oportunidade, o edil parabenizou a postura do arcebispo metropolitano de Feira de Santana, ao apresentar a questão do meio ambiente, citada na Encíclica do papa Francisco. “Agradeço a Deus pela audiência feita pelo arcebispo Dom Itamar, que falou muito bem referente ao Meio Ambiente”, destacou.

Praça da Kalilândia

Durante pronunciamento, o vereador também criticou o fato da banda Arreio de Ouro ter sido contratada para inauguração da reforma da praça da Kalilândia, e questionou o Governo Municipal sobre os valores gastos com essa atração musical.

Edvaldo Lima dispara contra Governo Municipal

No uso da tribuna nesta segunda-feira (24), na Casa da Cidadania, o vereador Edvaldo Lima (PP) tratou sobre uma ação do Ministério Público contra a construção do BRT em Feira de Santana.

“Recebi agora a informação de que o Ministério Público vai entrar com uma ação contra a construção do BRT. Então, o vereador fala besteira quando denuncia as mazelas deste Governo? O BRT não vai acontecer. Não somos contra esse sistema de transporte, mas da maneira como ele vai ser construído”, disse.

Ele continuou o discurso disparando contra o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSL). “Carneiro disse que o Governo acertou com a retirada dos ônibus e que o povo está aplaudindo ficar sem ônibus. Não aceito o senhor dizer que o povo está satisfeito. Estou triste, porque a Universidade está parada, os idosos não podem ir às ruas e o nobre vereador ainda diz que o povo está gostando e aplaudindo o Governo”.

Em aparte, o líder governista se defendeu, afirmando que o colega Edvaldo é competente em deturpar o que ouve. “Age de forma satânica. Teve a covardia de querer incitar os motoristas de ônibus, que estavam nas galerias na segunda-feira passada, afirmando que este vereador os culpava de mau atendimento. E fez de forma mentirosa, porque eu não falei isso”, disse Carneiro.

De volta com a palavra, Edvaldo Lima afirmou que quem mentiu foi José Carneiro. “O senhor fica defendendo o indefensável. O senhor falou que o povo aceitou e está constado em ata. O senhor não tem respeito a esta população”, disse o oposicionista.

Na sequência, ele pediu a atenção dos presentes na sessão ordinária. “Prestem atenção no que o líder do Governo está falando. Ele usa a tribuna para dizer a inverdade ao povo. Estão em meu telefone as ameaças que tenho recebido, mas Deus tem me dado força e coragem e eu não recuarei”, garantiu Edvaldo.

O vereador de oposição reiterou que o Governo do Município deixou de realizar algumas ações e que não respeita a população.  “Aos comerciantes do Mercado de Artes, este Governo disse que as obras estariam prontas em seis meses e já se vão quase dois anos; no bairro Asa Branca, tem loteamento sem água até hoje, porque a Prefeitura não autorizou. A Secretaria Municipal de Trânsito arrecadou R$ 50 mil de multas em seis meses e para onde vai esse dinheiro? Eles não informam. Todos os vereadores deveriam ser informados sobre esse destino, mas a população vai dar a resposta nas urnas”, afirmou Edvaldo.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br