Vereador sugere campanha para limpar bairros de Salvador

O acúmulo de lixo prejudica a locomoção das pessoas e pode causar acidentes.

O acúmulo de lixo prejudica a locomoção das pessoas e pode causar acidentes.

Salvador vive a crise do lixo, com acúmulo de entulhos e produção de lixo que acompanha o crescimento da população, mas que o processo de coleta não acompanha, sendo o mesmo de 10 ou de até 20 anos atrás. Essa afirmação é do vereador e líder da oposição na Câmara de Vereadores, Luiz Carlos Suíca (PT), que informa, nesta quarta-feira (26/08/2015), sobre a necessidade de ser criativo na hora de resolver problemas estruturais. O edil cita o exemplo do mutirão feito no final de linha do bairro de Pernambués, para recolher o lixo acumulado. “Havia uma caixa 5.5, substituímos por uma de 30, já que a outra era pequena para uma comunidade enorme, que descarta todo tipo de lixo, do orgânico ao entulho de construção, passando por eletrodomésticos e móveis quebrados. Pensando em resolver essa situação, há 15 dias estamos fazendo uma operação no bairro, no esquema bota-fora”, declara Suíca.

De acordo com o petista, o mutirão, com o auxílio da Limpurb, lideranças comunitárias, grupo de agentes voluntários, e os trabalhadores da empresa terceirizada JG, responsável pela coleta na região, já recolheu em Pernambués mais de 20 caminhões de lixo e entulho. “Apresentamos essa ideia de campanha do bairro limpo ao presidente da Limpurb, Tiago Correia, e ao gerente de operação Aidilton dos Santos e conseguimos a ação em Pernambués. No final de linha agora tem um funcionário com a função de receber, organizar o lixo e orientar a pessoa que o trouxe a reciclar, evitando um acúmulo excessivo no local”, garante. Conforme informações do edil, somente nesta quarta pela manhã saíram 20 caçambas lotadas do bairro. “Com objetos que certamente teriam um descarte incorreto, acarretando no entupimento dos córregos e no alagamento, em períodos de chuvas. Esta é uma ação que deve ser feita pelo menos uma vez por mês em todos os bairros, principalmente em época de chuvas”.

O vereador ainda informa que, além da campanha, existe também a formação de trabalhadores das empresas terceirizadas para serem multiplicadores de reciclagem. “Em Pernambués, o funcionário, chamado de ‘pé-de-caixa’, vai ficar para avisar ao supervisor da área quando a caixa estiver cheia. Essa função vai ordenar o final de linha e toda a região de Pernambués. A campanha é uma medida simples e não envolve grandes custos para a prefeitura, nem para a empresa, mas resolve o problema de acúmulo de lixo”, completa o petista.

Outras publicações

III Conferência de Políticas para Mulheres será aberta hoje (24) em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador Representando mais de 50% da população baiana, que hoje passa de 14 milhões de habitantes, a participação das mulheres no mercado de trabalho e na pol...
Grupo Gay da Bahia divulga programação da V Semana da Diversidade LGBT Cartaz da 15ª Parada LGBT da Bahia. Entre os dias 4 e 11 de setembro de 2016, o Grupo Gay da Bahia (GGB) promove a V Semana da Diversidade LGBT, que...
Piscina de treinamento deteriorada prejudica salva-vidas de Salvador Piscina de treinamento do Salvamar em avançado estado de deterioração. Os salva-vidas baianos estão enfrentando uma situação complicada. A piscina o...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br