Salvador: vereadores aderem à base de sustentação da gestão do prefeito ACM Neto

 Pablo Barrozo: "Oposição diz que paralisia e falta de articulação provocarão mais baixas no governo".

Pablo Barrozo: “Oposição diz que paralisia e falta de articulação provocarão mais baixas no governo”.

A saída dos vereadores Kiki Bispo e Beca do PTN de Salvador e retorno dos dois para a base do prefeito ACM Neto não será a única baixa entre os aliados do PT visando o pleito do ano que vem. Para o vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Pablo Barrozo, a paralisia do governo Rui Costa no interior e a falta de articulação política farão com que os petistas percam outros aliados, inclusive dentro do próprio partido.

“A estratégia do governo do estado de priorizar as obras em Salvador com recursos da gestão passada não está dando certo. Primeiro porque a aprovação do prefeito ACM Neto cresce a cada dia e a população reconhece o trabalho na capital. E segundo porque esse é um governo que não tem articulação política e que faz propaganda com ações que não são novas”, afirmou Pablo Barrozo.

Para o deputado, até o final de setembro o PT deverá perder ainda mais aliados. “O que ouvimos nos corredores da Assembleia é a insatisfação da base do governador. Os deputados reclamam que não existem obras no interior, que está tudo paralisado porque o governador está obcecado com as eleições em Salvador. Acredito que a debandada vai ser ainda maior”, sentenciou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br