Salvador: inovações no tratamento do câncer de pulmão são discutidas em evento promovido pelo Hospital São Rafael

Fachada do Hospital São Rafael. Unidade hospitalar tem sede em Salvador.

Fachada do Hospital São Rafael. Unidade hospitalar tem sede em Salvador.

Nesta terça-feira (11/08/2015), as inovações que interferem no tratamento do câncer de pulmão – doença diretamente associada ao uso de derivados do tabaco, com grande índice de letalidade e responsável pela morte de mais de 22 mil pessoas, de acordo com dados do INCA-, estarão na pauta de discussão de encontro realizado pelo Hospital São Rafael, em Salvador. Médicos, pesquisadores e demais profissionais da saúde estarão reunidos para discutir os “Marcadores Moleculares em Câncer de Pulmão”, além das principais mudanças que a inovação traz ao tratamento da doença.

Estão sendo aguardados cerca de 30 participantes para o evento, que ocorrerá a partir das 19h30, na Unidade São Rafael Onco – Avenida Prof, Magalhães Neto, n° 1450, Ed. Millenium Empresarial (cobertura), Pituba. Podem participar oncologistas, patologistas, pneumologistas e cirurgiões do tórax, residentes, além de farmacêuticos oncológicos e enfermeiros da área de oncologia. A participação no evento é gratuita.

O encontro terá início com a apresentação do professor e pesquisador da Fiocruz Bahia, doutor Ricardo Ribeiro, que coordena o Centro de Biotecnologia e Terapia Celular – unidade do Hospital São Rafael, um dos oito centros do Brasil selecionados pelo Ministério da Saúde para desenvolver terapias celulares de alta complexidade, sendo o único da região norte-nordeste do país e integrante da Rede Nacional de Terapia Celular (RNTC), responsável pela realização de pesquisas e trabalhos experimentais, como a de células-tronco para o tratamento de lesão medular. Já o professor doutor. Ciro Pereira, falará sobre os principais marcadores genéticos do câncer de pulmão e a médica oncologista, Lygia Tinoco, encerrará o evento, expondo as mudanças que as técnicas de marcadores genéticos vão trazer para o tratamento do câncer de pulmão.

Marcadores Moleculares

O Hospital São Rafael é uma das únicas unidades no país a dispor de ferramentas para o início do mapeamento as alterações genéticas que ocorrem nos DNAs dos tumores e que levam a multiplicação desordenada das células pelo corpo. O trabalho é laboratorial e poderá ser feito na Bahia, através do Centro de Biotecnologia e Terapia Celular (CBTC) do HSR. “O objetivo do evento é justamente apresentar para a classe médica os trabalhos e os avanços nas pesquisas, realizados pelo Centro”, afirma a oncologista, Lygia Tinoco.

Ainda de acordo com ela, atualmente, só existem laboratórios com essas ferramentas de mapeamento no Brasil, no eixo Rio-São Paulo, o que representa mais um ganho para a população baiana. Também estão sendo desenvolvidas medicações, por Centros fora do país, que atuam diretamente nestas alterações genéticas, chamadas terapias alvo. O resultado de tudo isso, são melhores respostas ao tratamento e o aumento da sobrevida dos pacientes com esse tipo de câncer.

Outras publicações

Lei de incentivo ao esporte é debatida em Salvador Seminário sobre a Lei de Incentivo ao Esporte. O Seminário sobre a Lei de Incentivo ao Esporte, realizada nesta segunda feira (21/09/2015),  lotou o...
Salvador: festival de Música Educadora FM 2014 prorroga inscrições Cena do show do XI Festival Música Educadora FM. O XII Festival de Música Educadora FM – 2014 prorrogou suas inscrições até o dia 30 de julho de 201...
Salvador: Grupo DM Dance oferece aulas de Dança de Salão a preço social Professores do Grupo DM Dance. Em apoio com a Faculdade de Educação da UFBA (Faced), o Grupo DM Dance está oferecendo aulas de dança de salão a preç...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br