Salvador: espetáculo de dança ‘Tirania das Cores’ apresenta resultado de residência artística

Cenas do Espetáculo de dança 'Tirania das Cores'.

Cenas do Espetáculo de dança ‘Tirania das Cores’.

Núcleo Viladança promove ação que visa estimular intercâmbios e a profissionalização da dança na Bahia. Asier Zabaleta (Espanha) conduziu a segunda fase das atividades.Entre os dias 3 e 5 de setembro de 2015, o Teatro Vila Velha sedia as apresentações do espetáculo de dança “Tirania das Cores”, fruto da segunda residência artística promovida pelo Núcleo Viladança neste ano em Salvador. O projeto selecionou cinco artistas baianos para participar de um processo de criação sob a orientação de Asier Zabaleta, coreógrafo da Cia Ertza, Espanha. A mostra conta com a abertura do espetáculo “Demolições – La petit mort”, com Thiago Cohen.

“Tirania das Cores” é uma viagem cromática dançada, na qual se põe em evidência a influência que as cores têm e sempre tiveram em nossas vidas. Cores que muitas vezes serviram para unir, mas que em muitas outras foram usadas para dividir e semar o ódio. Cores com as quais se pintam as bandeiras que nos diferenciam dos nossos vizinhos. Cores que são deificadas ou satanizadas como o branco e o preto. Cores como o vermelho do sangue, que nos lembram que por dentro somos todos iguais. Cores que, afinal de contas, nos sirvam de pretexto para falar de “pessoas”.

Os intérpretes-criadores são os cinco profissionais selecionados para realizar a residência artística: Ariel Ribeiro, Carolina Miranda, Flávia Rodrigues, Guilherme Silva, Rafael Alexandre. Asier Zabaleta trabalhou como intérprete em várias companhias espanholas de dança-teatro e de 1999 a 2005 integrou a companhia suíça Alias, com a qual participou da criação de sete espetáculos de dança-teatro e realizou várias turnês mundiais. Em 2004, fundou a Companhia ERTZA, com a qual criou 10 espetáculos para palco e oito para espaços ao ar livre; e colocou em marcha diferente projetos paralelos, como oficinas, residências artísticas e projetos de sensibilização. Maiores informações: www.ertza.com

Demolições – La Petit Mort

O primeiro desdobramento da estadia de Asier Zabaleta em Salvador por conta do programa de residências do Núcleo Viladança foi a montagem “Demolições (La Petite Mort)”, dirigida pelo mesmo com interpretação de Thiago Cohen. Os dois se conheceram no processo de seleção para a Residência #02 e Asier percebeu que o talento de Thiago poderia gerar um resultado interessante, o que o levou à decisão de trabalhar com o artista em paralelo ao programa promovido pelo Viladança. Resultado deste projeto independente, “Demolições” fala dos momentos da vida em que é preciso romper para construir, acabar algo para começar de novo. Desta forma, é também uma reflexão sobre o tempo: destruir em um segundo o que levou anos para ser construído, mas que já não serve. Passar por cima da nostalgia do velho e enfrentar de cara o medo do novo. O espetáculo será apresentado como abertura da mostra “Tirania das Cores”.

Viladança em residência

As residências – ações propositivas que se consolidaram a partir dos anos 1980 em cidades da Europa, Estados Unidos e Japão -, têm como foco a convivência e ganham espaço cada vez maior nas artes contemporâneas. Com esta ação, o Núcleo Viladança busca consolidar  um espaço de residências artísticas em dança na Bahia, abrindo novas possibilidades de criação e remuneração para a classe de dança no estado e aquecendo o mercado local. Nessa ação, os dançarinos selecionados são contratados e remunerados com uma bolsa para acompanhar toda a residência e realizar as apresentações.

O programa de residências artísticas teve sua primeira fase em abril e maio de 2015, com os coreógrafos da Cia Los INnato, da Costa Rica. O projeto tem o patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura, O Boticário na Dança, através da Lei Rouanet e é realizado pela Manga Rosa Produções, pelo Ministério da Cultura e Governo Federal – Pátria Educadora. Para a manutenção das suas atividades, o Núcleo Viladança conta com o patrocínio da Petrobras e apoio institucional do Teatro Vila Velha.

Agenda

Dias 03, 04 e 05 de setembro (quinta a sábado), às 20h

No Teatro Vila Velha – Salvador

Espetáculo convidado: Demolições (La Petite Mort)

Direção: Asier Zabaleta

Intérprete-criador: Thiago Cohen, às 19h30

Outras publicações

Lutadores de jiu-jitsu de Feira de Santana é destaque no Salvador Internacional Open O atleta Paulo César Rocha comemorando o primeiro lugar no pódio. O Salvador Internacional Open, evento que conta com a presença de lutadores nacion...
Doença misteriosa é descoberta por pesquisadores baianos com apoio da Fapesb Os pesquisadores Gúbio Soares e Silvia Sardi, do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia (UFBA), descobriram um novo vírus que...
Com orçamento de R$ 80 milhões, Bahia Produtiva abre inscrições para projetos de desenvolvimento rural Carta do projeto 'Bahia Produtiva'. As associações e cooperativas de agricultores familiares da Bahia já podem cadastrar as manifestações de interes...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br