Projeto troca econômica coelba chega a Feira de Santana

Tabela de Bônus.

Tabela de Bônus.

Coelba incentiva consumidores a trocar equipamentos que gastam mais energia por novos e eficientes com bônus que podem chegar a R$ 585,00. A partir de hoje (25/08/2015), moradores de Feira de Santana poderão participar do projeto Troca Econômica Coelba, que prevê bônus de R$ 285,00 a R$ 585,00 para os consumidores na troca de ar-condicionado, refrigerador, freezer ou lavadora de roupas usado por um novo, com Selo Procel de Economia de Energia, de menor ou igual capacidade. O objetivo é incentivar a substituição para que haja redução de consumo e, consequentemente, redução da conta de energia dos participantes. As inscrições no projeto poderão ser feitas até 09/09, no balcão de atendimento da Coelba montado na Avenida Getúlio Vargas, estacionamento da Prefeitura Municipal ou na loja Insinuante (Av. João Durval Carneiro, 3665), horário de atendimento das 8h às 17h.

Na prática, o consumidor que atender aos critérios para participação receberá o bônus durante ou após a aquisição do novo equipamento de igual ou menor capacidade que o antigo. Ao substituir, por exemplo, um refrigerador antigo, ineficiente, por um novo, com Selo Procel, de menor ou igual capacidade, o consumidor pode reduzir em até 30 % a conta de energia. No caso do freezer, a substituição pode promover uma redução de até 35%. Para a lavadora de roupas, esse índice pode chegar a 10% e, para o ar condicionado, 23%. Vale destacar que cada consumidor terá direito à substituição de dois equipamentos por conta contrato.

Podem participar os consumidores Residenciais (Normal ou Baixa Renda) de Feira de Santana que tenham fornecimento de energia regular, estejam em dias com a Coelba, apresentem média dos três maiores consumos de energia dos últimos 12 meses igual ou maior que 80 kWh/mês. Além disso, o consumidor não pode ter adquirido, nos últimos oito anos, equipamento similar com subsídio (compra/doação) da concessionária, a exemplo do Energia Verde e Nova Geladeira, e deverá  entregar o equipamento velho à Coelba para o devido descarte (reciclagem).

Aqueles que atenderem aos critérios, poderão ter acesso ao Troca Econômica Coelba de duas maneiras:

1-     Após a compra do eletrodoméstico com Selo Procel de Economia de Energia em qualquer loja varejista, o consumidor deverá procurar o quiosque do projeto montado no estacionamento da Prefeitura, apresentar a nota fiscal da compra do equipamento e se inscrever. Vale destacar que, para o projeto, a nota fiscal tem validade de 30 dias a partir da data da sua emissão.  Lá, após efetuar a inscrição, o consumidor receberá um cartão de débito que será carregado com o valor do bônus  em até 15 dias úteis após a entrega do equipamento antigo. O valor do bônus poderá ser utilizado como débito pelo cliente em qualquer estabelecimento comercial.

2-     Ir até a loja da Insinuante, em Feira de Santana para se inscrever e adquirir o desconto no ato da compra do equipamento novo. Nesse caso, o valor do bônus será descontado no pagamento à loja.

As entregas dos equipamentos antigos serão realizadas nos dias 10 e 11/09, em local previamente agendado com o cliente no momento da inscrição.

www.trocaeconomicacoelba.com.br – Um site foi feito especialmente para informar sobre como participar do projeto e passar dicas sobre consumo consciente e eficiente da energia. As dicas, se aplicadas, poderão fazer a diferença na conta de energia. Para mais informações, o ciente também pode ligar para (71) 3555 3395. O Troca Econômica faz parte do Programa de Eficiência Energética da Coelba e foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Coelba orienta como economizar energia elétrica

 Para ajudar o consumidor a adequar a conta de energia ao orçamento familiar sem necessariamente abrir mão do conforto, a Coelba observa que os clientes podem adotar comportamentos econômicos e evitar desperdícios. A seguir, algumas dicas podem auxiliar na mudança de comportamento das famílias para que se obtenha o melhor desempenho dos equipamentos elétricos, enquanto se busca o consumo eficiente de energia.

Aparelhos elétricos de refrigeração, como geladeiras e ar-condicionados, e de aquecimento, como ferros de passar e chuveiros, são os que mais demandam energia no ambiente doméstico e, por isso, deve-se evitar que permaneçam ligados por longos períodos. A orientação é ajustar o condicionador de ar para temperatura confortável (cerca de 23° C). A utilização do timer (temporizador) para evitar o funcionamento desnecessário do condicionador de ar ajuda na economia. Após a refrigeração do cômodo, o usuário pode recorrer a ventiladores para manter o clima agradável. Uma dica importante é promover com regularidade a manutenção e a limpeza desses equipamentos. Além de higiênica, a medida contribui para um desempenho mais econômico já que a sujeira acumulada no filtro dificulta a troca de calor e passagem do ar, exigindo mais potência e, consequentemente, maior consumo de energia.

A Coelba também alerta para as geladeiras. Quando em mau estado de conservação, os refrigeradores chegam a representar 30% do consumo de uma residência. Para evitar desperdício de energia, freezers e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados, longe de qualquer fonte de calor e com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários. Outra orientação é observar periodicamente a borracha de vedação que, uma vez ressecada, é causa de um dos maiores desperdícios de energia.

No caso do chuveiro elétrico, o recomendável é colocá-lo sempre na posição verão. Quanto mais baixa a temperatura da água, menor o consumo de energia. Os fornos e os ferros elétricos somente devem ser usados quando necessário. É importante otimizar seus funcionamentos para aproveitar o calor, evitando desligar e reaquecer o equipamento com frequência.

Estar atento para o uso de itens como churrasqueiras elétricas e grills. Mesmo eventual, a ligação desses equipamentos deve ser avaliada.  A melhor opção é substituir os itens elétricos por modelos a carvão ou a gás. O uso de aparelhos de som em alto volume, bem como de ventiladores na velocidade máxima, resulta também em maior gasto de energia.

Na questão da iluminação, a Coelba observa que as lâmpadas de LED têm ainda melhor desempenho do que as fluorescentes normais e economizam cerca de 80% de energia, elétrica com maior durabilidade. Um ambiente pintado em cores claras e que fique com as janelas abertas o maior tempo possível também contribui para a eficientização do consumo de energia.

Para obter um consumo racional de energia e assegurar contas livres de inconvenientes, a Coelba aconselha o consumidor a ter atenção no momento da compra de eletrodomésticos. É importante optar por produtos que apresentam o Selo Procel de energia, que indica os aparelhos mais eficientes e que consomem menos energia.

Outras publicações

Garis ameaçam realizar manifestação nesta sexta-feira caso prossiga o impasse entre a prefeitura de Feira de Santana e a empresa Qualix Durante participação no programa Ronda Policial (Rádio Subaé 1080 AM) que vai ao ar diariamente em Feira de Santana, no horário das 12 às 14 horas, so...
Feira de Santana terá novo Complexo Policial Secretário César Nunes confirmou ao deputado Zé Neto elaboração de projeto, que contará com 4 delegacias e será construído no bairro do Sobradinho. O...
Feira de Santana: Conselho Municipal de Desportos instalado Feira de Santana é atualmente a única cidade baiana com um Conselho Municipal de Desportos instalado. A sua criação aconteceu através do Projeto de Le...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br