Prefeitura de Feira de Santana estabelece normas de uso do sistema de transporte público durante vigência do contrato emergencial

Prefeitura de Feira de Santana apresenta conjunto de normas para usuários do sistema de transporte coletivo,

Prefeitura de Feira de Santana apresenta conjunto de normas para usuários do sistema de transporte coletivo.

Em nota, divulgada hoje (26/08/2015), a Prefeitura Municipal de Feira de Santana apresentou conjunto de normas a serem respeitadas pelos usuários do sistema de transporte coletivo. Segundo a prefeitura, as regras perduram durante a vigência do contrato emergencial.

Confira o comunicado da prefeitura

– As empresas de ônibus Rosa e São João, vencedoras de licitação pública, passaram a cumprir na manhã desta quarta (26) o serviço de transporte coletivo em Feira de Santana, ainda através de contrato emergencial. Elas substituem as antigas prestadoras, Princesinha e 18 de Setembro.

– A determinação do Governo Municipal durante a vigência do contrato temporário é que os estudantes, por lei com direito a meia passagem, possam usar os ônibus gratuitamente em locais onde não possa ser feita a leitura do smart card – fora dos terminais de transbordo. Basta que apresentem a carteira estudantil com fotografia. Até que as novas empresas possam emitir créditos impressos ou eletrônicos.

– Idosos e portadores de deficiências que possuam o passe livre também estarão com o direito assegurado, sem qualquer alteração.

– Quanto aos trabalhadores que possuem créditos no seu cartão de vale transporte eletrônico, estes vão precisar aguardar alguns dias para poder usa-los. O tempo suficiente para que se estabeleça mecanismo de troca dos créditos remanescentes do mês de agosto, frutos da paralisação do serviço por conta da desistência das antigas empresas.

– A Prefeitura e as novas empresas do transporte urbano, que atuam em caráter emergencial, pedem a compreensão dos usuários para as dificuldades naturais desse período.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.