Prefeitura de Feira de Santana emite nota informando que “governo adotou todas as medidas para solucionar crise no transporte”

Prefeitura de Feira de Santana diz que realizou esforços com a finalidade de superar a crise no transporte público.

Prefeitura de Feira de Santana diz que realizou esforços com a finalidade de superar a crise no transporte público.

Sobre a grave crise decorrente da completa paralisação do transporte público de Feira de Santana, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana (PMFS) emitiu nota, hoje (21/08/2015), afirmando que ‘adotou todas as medidas para solucionar crise”, e que na quarta-feira (26/08/2015) o serviço será parcialmente normalizado.

A crise teve início com a paralisação do serviço de transporte público iniciado no dia 14 de agosto. As viações Princesinha e 18 de Setembro recolheram os ônibus e suspenderam a prestação de serviço. As empresas eram concessionárias públicas responsáveis pelo transporte no município. Elas perderam o contrato para as companhias Auto Ônibus São João e Ônibus Rosa Ltda., vencedoras do processo licitatório realizado pela PMFS no dia 14 de agosto.

Confira o teor da nota

Com a contratação emergencial das duas empresas licitadas para que assumam, por seis meses, o transporte coletivo da cidade, o Governo Municipal encaminhou a solução para o abandono do serviço por parte da Princesinha e 18 de Setembro, no último domingo. A declaração é do secretário de Transportes e Trânsito de Feira de Santana, Ebenezer Tuy.

Ele diz que, imediatamente após firmar o compromisso, a Rosa e a Auto Viação São João, empresas contratadas para o serviço temporário, providenciaram a locação de uma frota de aproximadamente 170 ônibus. Esses veículos já estão a caminho de Feira de Santana, devendo chegar entre domingo e terça-feira.

Na quarta-feira, as empresas iniciam a operação. Para tanto, funcionários da área de recursos humanos das empresas já iniciaram a contratação de pessoal. Motoristas e cobradores que atuavam na Princesinha e 18 de Setembro tem a prioridade dessas vagas.

Após o contrato emergencial de seis meses, a Auto Viação São João e a Rosa passam a cumprir o previsto na licitação no que diz respeito a nova frota, que deverá contar com 270 ônibus zero quilômetro.

Prefeitura Municipal de Feira de Santana, 21 de agosto de 2015.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.