PF em São Paulo confirma prisão de ex-vereador na 18ª fase da Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira a 18ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco II. Setenta agentes cumprem onze mandados em Brasília, Porto Alegre e São Paulo, sendo um de prisão temporária e dez de busca e apreensão.

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira a 18ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco II. Setenta agentes cumprem onze mandados em Brasília, Porto Alegre e São Paulo, sendo um de prisão temporária e dez de busca e apreensão.

A Superintendência da Polícia Federal (PF) em São Paulo confirmou hoje (13/08/2015) a prisão do ex-vereador de Americana, no interior paulista, Alexandre Romano (PT). A PF informa que foi cumprido mandado de busca e apreensão no apartamento de Romano, preso no Aeroporto de Congonhas.

De acordo com a Polícia Federal, ele deve ser levado à Superintendência de São Paulo e de lá será conduzido para Curitiba, de carro.

A prisão do ex-vereador faz parte da 18ª fase da Operação Lava Jato Pixuleco II, em alusão ao termo utilizado para nomear propina recebida em contratos. Serão cumpridos 11 mandados judiciais em Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, sendo dez de busca e apreensão e um de prisão temporária.

O foco das investigações desta fase é o cumprimento de medidas cautelares contra Romano, apontado como operador de empresas de fachada que simulavam a prestação de serviços que movimentaram  valores que superam R$ 50 milhões, a partir de contratos de crédito consignado junto ao Ministério do Planejamento. O envolvimento do ex-vereador no esquema foi confirmado a partir da fase anterior da Lava Jato.

*Com informação da Agência Brasil

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br