“Ônibus estão prontos para circular a qualquer momento”, informa Prefeitura de Feira de Santana

Ônibus da empresa Rosa Ltda. serão utilizados em Feira de Santana.

Ônibus da empresa Rosa Ltda. serão utilizados em Feira de Santana.

Mais de 100 novos ônibus do transporte coletivo urbano estão prontos para circular a qualquer momento. A retomada do serviço depende somente dos rodoviários, que reivindicam o pagamento de 15 dias de trabalho por parte das antigas empresas, Princesinha e 18 de Setembro. A informação foi dada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho durante a assinatura do contrato emergencial com as novas empresas responsáveis pelo transporte coletivo, a Rosa Ltda e a São João.

O gestor municipal informou que visando garantir ao Sincol recursos necessários para solucionar as pendências financeiras, a Prefeitura antecipou pagamentos referentes a compra vales transportes. O procedimento foi realizado em tempo recorde, com parte dos recursos já depositados na manhã de hoje e outro montante a ser repassado até o final do dia.

“Um parte desses vales é resultado de convênio da Prefeitura com órgão federais, que repassam os recursos para o Município. Entretanto esses repasses estão atrasados. Para agilizar a situação, cobrimos, com recursos próprios, esse percentual afim de assegurar todo o pagamento ao Sincol de forma antecipada”, pontuou o prefeito.

Apelo 

Durante o ato de assinatura do contrato emergencial do transporte coletivo, que contou com a presença da imprensa, o prefeito fez um apelo aos trabalhadores para que retomem os serviços. “O pensamento do Governo e das novas empresas é aproveitar o máximo possível de funcionários. O contrato prevê no mínimo 70%, mas o desejo é que esse percentual seja ainda maior”, salientou.

“A Prefeitura não deve nada. Pelo contrário, tem sido um parceiro e sempre colaborado com a categoria. No mês de dezembro, antecipamos o pagamento da compra de vales de janeiro e fevereiro para que fosse pago o 13º salário dos rodoviários”, lembrou. O prefeito informou que todos terão os direitos trabalhistas rigorosamente pagos.

“Isso é uma garantia das novas empresas e que será acompanhado de perto pela Prefeitura. Desde a semana passada os setores de recursos humanos já estão cadastrando os funcionários e encaminhando para exames médicos. Tudo está sendo cumprido. Peço que esses trabalhadores façam uma reflexão e retomem as atividades”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br