O Enem 2014 revela a precariedade do ensino médio público | Por Marialvo Barreto

Marialvo Barreto: "entre as duzentas melhores notas por escola do Enem 2014, nove são escolas públicas."

Marialvo Barreto: “entre as duzentas melhores notas por escola do Enem 2014, nove são escolas públicas.”

Publicados  os resultados do ENEM 2014, no dia 05 de agosto de 2015, em uma breve análise podemos concluir que as escolas públicas do ensino médio estão de mal a pior.

Das duzentas escolas mais bem colocadas, somando as provas objetivas e a redação,  191 (centro e noventa e uma) são da rede privada, e, apenas  9 (nove)  pertencem a rede pública de ensino. Destas nove sete estão vinculadas às Universidades Públicas Federal e Estadual: 1 – Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa – MG; 2 Colégio Politécnico da Universidade  Federal de Santa Maria – RS; 3 Colégio de Aplicação do CE – UFPE; 4 COLTEC – UFMG; 5 Colégio Técnico Industrial Prof. Isaac Portal Roldan – UNESP; 6 Colégio Técnico da UNICAMP; 7 Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira CAP-RJ da UFRJ. A oitava é a Escola Preparatória de Cadetes do Ar em Barbacena  – MG. A nona é a ETEC São Paulo – Estadual.

O predomínio de classificação das escolas privadas sobre as públicas ultrapassa a milésima colocação.

Aqui na Bahia observamos esta mesma situação de predomínio do ensino privado sobre o público nas notas do ENEM.

Em Feira de Santana todas as primeiras colocadas são da rede privada, sendo que uma obteve média superior a 7,0 e cinco outras média superior a 6,0, somando a média das provas objetivas com a média da reação. Devemos parabenizá-las pelo bom desempenho (Colégio Hélius, Genesis, Acesso, Nobre, Santo Antonio e Visão).

Há mais ainda a se constatar. Aqui na Bahia, de uma maneira geral, o professor do ensino médio da rede estadual percebem salários maiores do que os professores das escolas privadas, para a mesma carga horária em sala, demonstrando que precisamos rever o nosso projeto pedagógico da escola pública, assim como as metas a serem alcançadas.

*Marialvo Barreto é professor com mais de 35 anos de exercício no ensino médio.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br