Feirenses protestam contra prefeitura de Feira de Santana em decorrência da implantação do BRT

Cidadãos protestam contra a implantação do BRT de Feira de Santana e cobram solução para crise no transporte público.

Cidadãos protestam contra a implantação do BRT de Feira de Santana e cobram solução para crise no transporte público.

Atos de protestos contra a instalação do BRT (Transporte Rápido Por Ônibus) em Feira de Santana, ao longo da Avenida Getúlio Vargas que resultará em uma grande agressão ambiental com a destruição prevista de 160 árvores, continuam acontecendo. O clamor público já alcançou a mídia nacional. O ato mais recente ocorreu no sábado (22/08/2015), e contou com a coordenação de Leonardo Pedreira, Max Weber, Rogério Gutemberg e José Carneiro. A concentração se deu em frente ao prédio da Prefeitura Municipal às 12: 00 horas. No local se reuniram representantes de entidade religiosa, deputado Zé Neto (PT), dos ex-vereadores petistas Marialvo Barreto e Ângelo Almeida, setores da imprensa e demais membros dos mais diversos segmentos da sociedade organizada.

O percurso estabelecido foi ao longo da Av. Getúlio Vagas com retorno   no hospital do  EMEC. Todo ele aconteceu acompanhado de um carro  de som, apitaços  e dezenas de faixas e cartazes, onde podia-se ler frases tipo: BRT pra quem?; Prefeito a cidade é nossa, não é sua; Na Feira tem verde zero, transporte zero. Em diversas oportunidades a caminhada foi interrompida e se formaram longos círculos em tono das árvores, muitas delas tiveram seus troncos envolvidos com laços brancos.

De acordo com o ex-vereador Marialvo Barreto o BRT está direcionado unicamente ao bairro do SIM, tendo como objetivo atender os interesses  imobiliários e não o do povo.”Nós temos que pensar em instalação de Metrô de Superfície. Ônibus como solução é uma ilusão”. Ele também acusou o prefeito José Ronaldo de estar criando uma peça meramente de caráter eleitoral, que não tem nenhum vínculo real com os interesses que afetam as classes menos beneficiadas da cidade de Feira de Santana. Os protestos se estenderam até ás 15:00 horas, e contou com a participação de centenas de pessoas.

*Reportagem de Sérgio Jones.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br