Feira de Santana: vereadores comentam sobre açõs judiciais contra o prefeito José Ronaldo

Vereador José Carneiro Rocha mente ao afirmar que o prefeito José Ronaldo não responde a processos judiciais.

Vereador José Carneiro Rocha mente ao afirmar que o prefeito José Ronaldo não responde a processos judiciais.

Em debate, Beldes lembra que José Ronaldo responde Ação Pública

Depois de ouvir o líder governista José Carneiro (PSL) dizer que o prefeito José Ronaldo não nunca foi envolvido em atos de roubalheira e  que não se pode fazer qualquer acusação de corrupção cometida pelo seu governo, o vereador Beldes Ramos (PT), em pronunciamento na sessão legislativa desta quarta-feira (12/08/2015),  lembrou à Ação Pública contra o gestor impetrada pelo Ministério Público.

“Em relação à Dilma Rousseff, não há nada que comprove sua participação em atos de corrupção, mas o mesmo não podemos falar sobre o prefeito José Ronaldo que responde à Ação Penal Pública nº 002313308.2013.8.05.0000, postulada em 11 de dezembro de 2013, impetrada pelo Ministério Público, para apurar suposta prática  de estelionato previdenciário”, disse.

Ainda segundo Beldes, o desenrolar das investigações comprovou que o contrato de trabalho temporário do senhor Constantino Portugal era ilegal, visto que ele era aposentado, o que o impedia  de prestar serviço à Prefeitura. “Todos se lembram do caso de Constantino, que foi admitido pelo prefeito em troca de apoio político. Isso é corrupção. Esta pessoa não trabalhou e estava recebendo um salário, o dinheiro saiu do erário público. Como Constantino tem muitos”, afirmou Beldes.

Em defesa do chefe do Executivo Municipal, José Carneiro argumentou que o aposentado clamou ao prefeito por emprego e só algum tempo depois que o gestor do município descobriu que ele era aposentado e não poderia prestar serviço à Prefeitura. “O criminoso é quem aceitou o trabalho sabendo que era impedido”, avalia.

José Carneiro diz que José Ronaldo é a maior liderança política de Feira

Na sessão legislativa desta quarta-feira (12/08/2015), o líder do Governo na Câmara, José Carneiro (PSL), em consonância com o vereador David Neto (PTN), comemorou o resultado da pesquisa eleitoral para prefeito de Feira de Santana, encomendada pelo Jornal Folha do Estado em parceria com o site Bahia na Política, que mostra o prefeito José Ronaldo de Carvalho com 47,2% das intenções de voto.

“A pesquisa aponta José Ronaldo de Carvalho cumprindo o seu terceiro mandato, partindo, com certeza, para o quarto mandato e, diga-se de passagem, com possibilidades reais de ser eleito no primeiro turno. A gente pode acreditar firmemente que o prefeito José Ronaldo dá uma demonstração de que é, sem dúvida, a maior liderança política desta cidade”, destacou o edil, afirmando que os eleitores feirenses têm demonstrado inteligência ao escolher políticos comprometidos com as questões populares e com o desenvolvimento da cidade.

Em aparte, o líder da bancada de oposição, vereador Alberto Nery (PT), afirmou que José Ronaldo não cumpre o terceiro mandato, e sim o quarto. “Eu também quero relembrar que na eleição anterior o prefeito José Ronaldo tinha 78% das intenções e, hoje, ele aparece em uma pesquisa, faltando um ano para eleição, com 47%”, disse.

O petista acrescentou que a referida pesquisa não relacionou todos os possíveis candidatos, a exemplo do deputado federal Irmão Lázaro (PSC). “Isso aponta, inclusive, que Feira de Santana poderá ter segundo turno e, com isso, quebrar a hegemonia do seu prefeito em Feira de Santana e nós podermos ganhar as eleições. Então, não adianta cantar vitória muito antecipada, porque ainda tem muito tempo pela frente para a gente reverter isso aí”, alertou.

Novamente com o uso da palavra, José Carneiro disse que o deputado estadual José Neto (PT) aparece apenas com 13% das intenções de voto, “o mesmo número do Partido dos Trabalhadores, não passa de 13. Olha que ele é candidato desde a época que comecei me envolver na política”.

Em seguida, o líder governista contestou  a afirmação de Nery de que o atual gestor do município cumpre o quarto mandato, garantindo que o ex-prefeito Tarcízio Pimenta não era comandado por José Ronaldo.

Mudando de foco, José Carneiro convidou os vereadores Alberto Nery e Edvaldo Lima (PP)  para estarem  junto com ele na manifestação popular  dia 16 de agosto, próximo domingo.

“Vamos às ruas dizer não a corrupção deste país, protestar contra o desgoverno deste país, vamos às ruas, vereador, expressar livremente o que a população brasileira deseja, vamos para rua dizer: fora PT, fora Dilma, porque são, sem dúvida, os responsáveis diretos por essa miséria que hoje ocorre no país, com denúncias e mais denúncias de corrupção. Aliás, denúncias de roubalheira mesmo”, pontuou.

Para Beldes, prefeito José Ronaldo deve sofrer impeachment

Após ouvir o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSL), que convidou  a população para ir às ruas, no próximo domingo (16),  com o objetivo de pedir a renúncia da presidente Dilma Rousseff (PT), o vereador petista Beldes Ramos afirmou que deveria ser pedido o impeachment do prefeito José Ronaldo, pois, segundo ele, responde Ação Pública por improbidade administrativa.

“Não sei por que o vereador José Carneiro está promovendo incitação de ódio contra a presidente Dilma Rousseff, se sobre ela nada recaí em relação à corrupção. Não há processos contra ela. Há sim, contra Renan Calheiros e Eduardo Cunha, que estão sendo grandes inimigos da campanha da presidente e promovendo desgastes”, defendeu.

Para o vereador, o prefeito José Ronaldo é quem deve ser alvo de pedido de impeachment. “Não há indicativo de que a presidente responde qualquer ação por improbidade administrativa, mas se for para pedir o impeachment,  que peçamos do prefeito José Ronaldo de Carvalho, que responde por este crime”, pontuou.

David Neto comemora favoritismo de José Ronaldo em pesquisa

O resultado da pesquisa eleitoral para prefeito de Feira de Santana, encomendada pelo Jornal Folha do Estado em parceria com o site Bahia na Política  foi bastante comemorado pelo vereador David Neto (PTN), durante discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (12).

Na referida pesquisa, que foi realizada pela Ancora Pesquisa e Marketing, o prefeito José Ronaldo aparece como favorito com 47,2%; José Neto 13,4%; Jonathas Monteiro 5,7%, Fernando Torres 5,4%, Nivaldo Vieira 2,5% e 25,8% dos eleitores não opinaram ou não votariam em nenhum dos cincos candidatos. 1.659 pessoas foram ouvidas na sede e zona rural de Feira de Santana.

Na oportunidade, David Neto parabenizou o Jornal Folha do Estado pela divulgação da pesquisa, a qual classificou como transparente e verdadeira, ao contrário, segundo ele,  de algumas  que são divulgadas na cidade. “Constantemente, a gente vê surgindo algumas pesquisas aí que não sei como é que fazem, porque aparecem certos candidatos disparados na frente. Eu já falei com um dos candidatos onde é que ele está achando essa votação, porque eu não vejo”, disse.

O edil confirmou o favoritismo do prefeito, ressaltando que anda na zona rural e urbana de Feira de Santana e que tem visto o prestígio de José Ronaldo junto aos munícipes. “Se o prefeito não fosse um homem trabalhador, um bom administrador, honesto, ele não teria isso aqui na pesquisa não”, avalia.

Em aparte, o vereador Beldes Ramos (PT) disse que em pesquisas anteriores  o prefeito José Ronaldo já apareceu até com 70% das intenções de voto. “E, nessa, ele aparece com 47%. Isso demonstra que ele está caindo no descrédito das pessoas e ele vai cair mais ainda”, anseia.

Novamente com o uso da palavra, o vereador do PTN afirmou  que o petista está equivocado.  “Vossa Excelência está enganado, o prefeito José Ronaldo não está caindo não, está levantando; nós vamos levantar juntos. E eu quero pedir ao povo também que quando votar em José Ronaldo não se esqueça do vereador David Neto”, pontuou.

Zé Carneiro rebate críticas contra Ronaldo

Após observar  atentamente o debate entre os vereadores Luiz Augusto de Jesus (PEN) e Bedes Ramos (PT), na sessão legislativa desta quarta-feira (12), o edil José Carneiro Rocha (PSL) também fez a defesa do gestor municipal. Em seguida, o governista rebateu o discurso do vereador  Edvaldo Lima (PP) sobre a imagem dos políticos diante da sociedade e lembrou-se de um movimento realizado em São Paulo, onde os manifestantes pediram a renúncia da presidente Dilma Rousseff (PT).

“Não podemos deixar de reconhecer o trabalho sério que José Ronaldo tem feito em Feira de Santana. Estamos num país em decadência, onde a população está revoltada com os atos ilícitos que o Governo Federal está deixando acontecer, mas mesmo assim o prefeito não para de trabalhar”, afirmou Carneiro.

Sobre o discurso de Edvaldo, em relação à imagem que os políticos estão passando para a população, o líder governista  diz reconhecer que a política vive um momento de imagem negativa, mas lembra que não está no “mesmo barco” que os políticos acusados de corrupção pela operação Lava Jato, realizada pela Polícia Federal.

“Concordo que os políticos brasileiros estão passando uma imagem ruim, mas não estou no mesmo barco que eles. Nós aqui nesta Casa estamos em lados opostos. Fiz uma moção de parabéns para o juiz Sérgio Moro, pela competência de punir os culpados pela corrupção na estatal que mais confiávamos no Brasil: a Petrobras. No meu ponto de vista, o Governo Federal é o principal responsável por afundar o país”, avaliou José Carneiro.

Ainda em seu pronunciamento, José Carneiro falou sobre um movimento realizado por advogados, na última terça-feira (11), para incentivar o pedido de renúncia da presidente Dilma Rousseff. “O ato foi organizado pela Associação dos ex-alunos da Universidade de São Paulo, despido de posição partidária. Durante os movimentos eles pediam: renuncie já”, informou.

Em aparte, o oposicionista Beldes Ramos (PT) afirmou que 70% dos advogados recebem salários altos, o que consequentemente apresentam um lado partidário. “Os advogados têm salários altos e querem impor algo ao Governo Federal, isso é ter partido político. Mas o que percebo é que temos no Município uma crise na saúde, na Zona Azul, no Mercado de Artes e poderíamos estar aqui discutindo qualquer desses assuntos”, pontuou.

De volta com a palavra, o líder governista disse que não há nenhum ato de corrupção que atinja o governo do prefeito José Ronaldo ou sua pessoa. “O povo brasileiro tem consciência dos atos do Governo Federal e, prova disso,  é a ida às ruas constantemente e, no dia 16,  o Brasil vai parar mais uma vez. Porém, o prefeito nunca foi envolvido em atos de roubalheira, não se pode fazer qualquer acusação de corrupção cometida pelo governo José Ronaldo. Ninguém é capaz de levantar a voz para lhe acusar. Quero reafirmar que durante os três mandatos, Ronaldo foi muito zeloso com o erário público”, finalizou.

Lulinha entra em defesa de José Ronaldo

Durante o horário do grande expediente da Casa da Cidadania, desta quarta-feira (12), o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (PEN) fez a defesa do prefeito José Ronaldo das críticas do vereador Edvaldo Lima (PP).

Ele pediu que o colega Edvaldo não tente descaracterizar o trabalho realizado pelo prefeito em Feira de Santana. “Hoje Feira de Santana é outra cidade, tem crescido nas áreas de saúde e educação, construção de praças e melhorias para os distritos. Mesmo o país passando por crise, o prefeito não para de realizar obras: são construção e reforma de escolas e creches; participa diariamente de reuniões, atende à população e busca resolver problemas”, ressaltou Lulinha.

O edil afirmou que o chefe do Executivo Municipal  cumpre com suas obrigações e que as obras não estão paradas. Na oportunidade, ele questionou quais ações o Governo do Estado fez por Feira de Santana.

“O prefeito tem trabalhado muito e paga os salários em dias. Se tem obra parada é por causa da emenda federal que não chega, mesmo assim, algumas que dependem de emendas, foram concluídas com a ajuda do Município e as empresas que realizam as obras, como foi o caso da rua Calamar. Mas quero saber do Governo Estadual qual a obra entregue este ano em Feira ou iniciada. Cadê o novo hospital?”, questionou.

Em aparte, o petista Beldes Ramos fez algumas observações. Para ele, o pagamento em dias é obrigação do gestor municipal e, sobre as obras,  afirmou que ver apenas pavimentação. “Com a extorsão do IPTU, ele tem mesmo que pagar os salários em dias e, isso, não passa de obrigação. Quanto às obras, vejo apenas pavimentação, porque as creches e escolas receberam verbas federais. Já o Mercado de Arte foi um desleixo da Prefeitura, pois a verba é do Ministério da Cultura e já foi disponibilizada”, disse.

De volta com a palavra, Lulinha garantiu que as creches foram construídas graças à competência do prefeito José Ronaldo de Carvalho. Disse também que todas as obras da cidade têm a parceria com o Município. Lulinha afirmou ainda que  o prefeito transformou  a cidade e comparou o trabalho de José Ronaldo com o do governador Rui Costa. “O governador tem até vontade, mas não pode fazer nada, porque Wagner deixou o Estado falido”, finalizou.

Durante seu pronunciamento, Lulinha também comemorou o atendimento de uma indicação que fez à Secretaria Municipal de Saúde. “Recebi da Secretaria de Saúde um ofício informando que a secretária Denise Mascarenhas deu sinal positivo à implantação da saúde bucal no Posto de Saúde da Família, na localidade de Mantiba”, salientou.

Outras publicações

A influência da industrialização como condicionante para as mudanças no espaço urbano em Feira de Santana Vista aérea de Feira de Santana. Está acontecendo na UEFS, de 16 a 19 de outubro de 2012, o III Simpósio Cidades Médias e Pequenas da Bahia. Este qu...
Raimundo Sodré hoje na Uefs na programação cultural da Feira do Semi-Árido Termina nesta sexta (17/12/2010) a 7ª Feira do Semi-Árido, evento realizado desde quarta no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs)...
Eleições 2016 – Feira de Santana: prefeito José Ronaldo é recebido na Chácara São Cosme Prefeito José Ronaldo é recebido na Chácara São Cosme. O prefeito José Ronaldo, candidato à reeleição pela Coligação “O Trabalho Vai Continuar”, foi...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br