Feira de Santana: Hospital Estadual da Criança inaugura cirurgia por vídeo e abre mais dois leitos de UTI Pediátrica

Hospital Estadual da Criança comemora 5 anos com missa celebrada por Dom Itamar Vian.

Hospital Estadual da Criança comemora 5 anos com missa celebrada por Dom Itamar Vian.

O Hospital Estadual da Criança (HEC) está completando cinco anos nesta quarta-feira (26/08/2015). Durante esta manhã foi realizada uma missa em ação de graças, celebrada pelo arcebispo Dom Itamar Vian, e inaugurado o serviço de cirurgia videolaparoscópica. Também nesta data comemorativa foram abertos mais dois leitos na UTI Pediátrica, aumentando de 28 para 30 leitos no total.

Atualmente, o HEC é administrado pela Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI), a qual assumiu a unidade hospitalar no dia 1º de junho deste ano. Desde que assumiu a gestão já foram realizadas algumas modificações que buscam oferecer um atendimento melhor e mais humanizado para as crianças baianas.

“A ampliação deste leitos na UTI Pediátrica bem como a realização de cirurgias por vídeo são conquistas muito importantes para o HEC e a população baiana, visto que vamos conseguir abranger ainda mais crianças na UTI Pediátrica e realizar cirurgias mais qualificadas. Vale ressaltar que já realizamos a inclusão de cirurgiões pediátricos na emergência do hospital, bem como ampliamos o serviço de imagem para o público externo e conseguimos retomar as cirurgias cardíacas desde que assumimos a gestão do HEC”, explica a Diretora de Assistência à Saúde, Dra. Milena Pessoa.

Vantagens da cirurgia videolaparoscópica – A primeira cirurgia videolaparoscópica realizada no HEC foi um colecistectomia (cirurgia para retirada da vesícula). Segundo o coordenador da Cirurgia Pediátrica, Dr. Bráulio Xavier, a cirurgia por vídeo tem as vantagens de menos dor pós-operatória, menos tempo de internação, melhor aspecto estético e menos chance de aderências intestinais.

“Vale salientar que outras cirurgias também podem ser realizadas por este método: apendicectomias (retirada do apêndice), cirurgias para refluxo gastro-esofágico, orquidopexias( testículos não descidos), cirurgia diagnóstica, etc. Esse tipo de cirurgia já é realizado em outras unidades hospitalares para adultos em Feira de Santana, mas as crianças ainda não tinham esse benefício; agora dispõem no Hospital Estadual da Criança”, destaca.

Para Maria Vilma Araújo da Silva, mãe da paciente de iniciais K.S.S., 11 anos, na qual foi realizada a primeira cirurgia por vídeo do HEC, é muito bom o hospital passar a adotar este método cirúrgico. “Considero muito importante, principalmente para a criança, porque o corte pode criar trauma. Minha filha estava preocupada com a marca que uma cirurgia por corte deixaria. Acredito que a recuperação é mais fácil e não será muito doloroso para ela. Indico o hospital para qualquer mãe e pai; estou sendo muito bem tratada aqui e não tenho o que falar de negativo do hospital”, declara.

Outras publicações

Nomeação de Lindinalva mantém a prática do nepotismo no governo de Tarcízio Pimenta Prática de nepotismo se torna marca indelével na gestão administrativa do governo municipal de Feira de Santana Existe nepotismo entre os parentes em...
Alunos da FTC têm aula prática de medicina veterinária durante a na 40º Exposição Agropecuária de Feira de Santana Alunos da FTC têm aula prática de Medicina Veterinária na Expofeira. Da sala de aula para o campo, a possibilidade de ver e fazer na prática os conh...
Embasa anuncia recuperação de ruas em Feira de Santana Em reunião com o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, na manhã desta sexta-feira (27/04/2010), a diretoria da Embasa apresentou um cro...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br