Embasa assina acordo com agência norte-americana

Diretoria da Embasa assina acordo com a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA.

Diretoria da Embasa assina acordo com a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA.

Um acordo de entendimento foi firmado, hoje (18/08/2015), entre a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA), agência americana para o desenvolvimento do comércio. A parceria garantiu a obtenção de U$ 652 mil, a fundo perdido, para a contratação de consultoria que realizará estudos e projetos voltados à eficiência energética e operacional de sistemas de esgotamento sanitário em Salvador e em outros sistemas da RMS.

A representante da agência americana para os assuntos da América Latina, Isabel Sepúlveda, disse estar feliz e honrada com mais essa parceria no Brasil e garantiu que, após a contratação da consultoria, a instituição vai acompanhar o andamento do projeto de eficientização energética nos sistemas da Embasa desde a concepção até a implementação e a apresentação de resultados. “Espero que seja só o começo de outras parcerias”, declarou Sepúlveda.

De acordo com o representante da USTDA no Brasil, Rodrigo Mota, o interesse da agência no país são projetos visando o desenvolvimento nas áreas de transporte, energia e tecnologia da informação. Na área de saneamento, já foram fechados acordos com algumas companhias brasileiras, a exemplo da Copasa, de Minas Gerais, visando projetos para reuso de água, e da Cedae, do Rio de Janeiro, visando a modernização do tratamento de água.

O presidente da Embasa, Rogério Cedraz, enfatizou que parcerias envolvendo a produção de conhecimento e de soluções para tornar a operação dos sistemas mais eficiente são muito bem-vindas. “A energia é um dos principais insumos da nossa cadeia produtiva e, por isso, é muito estratégico para a empresa dar passos à frente no uso eficiente de energia elétrica”, concluiu Rogério.

Consultoria

A consultoria será escolhida em processo licitatório na modalidade do governo norte-americano, com contratação prevista para outubro de 2015. O prazo de conclusão do estudo de viabilidade é até dezembro de 2016. De acordo com a modalidade de contratação pública norte-americana, o cronograma de execução é definido após a conclusão do processo licitatório. Dessa forma, é estabelecido um valor global e, em seguida, a consultoria e a Embasa farão o plano de trabalho juntos. A Embasa participará de todas as fases do estudo até a aprovação dos projetos. O termo de cooperação define a relação da Embasa com a consultoria contratada pela USTDA.

 A USTDA é uma agência governamental independente, mantida pelo Congresso dos Estados Unidos, que financia, a fundo perdido, o planejamento de obras de infraestrutura em países em desenvolvimento e/ou de média renda. Um dos objetivos da agência é impulsionar a realização de projetos prioritários nesses países de forma que possam gerar oportunidades em potencial para empresas norte-americanas.

Outras publicações

Deputado Bruno Reis: EMBASA promove “racionamento camuflado” em Salvador O vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Bruno Reis (PRP), afirmou hoje (17/04/2013) que a Embasa está promovendo um “racionamento...
ICMS deixa de ser cobrado na conta de água da EMBASA Abelardo de Oliveira: “Água é um serviço essencial que impacta decisivamente nas condições de saúde e qualidade de vida da população. Com essa medida...
Embasa explica convênio que regula intervenções em Salvador Abelardo Oliveira: “qualquer município que pertença a uma região metropolitana não tem competência para planejar, regular ou definir o prestador indi...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br