Embasa assina acordo com agência norte-americana

Diretoria da Embasa assina acordo com a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA.

Diretoria da Embasa assina acordo com a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA.

Um acordo de entendimento foi firmado, hoje (18/08/2015), entre a Embasa e a United States Trade and Development Agency (USTDA), agência americana para o desenvolvimento do comércio. A parceria garantiu a obtenção de U$ 652 mil, a fundo perdido, para a contratação de consultoria que realizará estudos e projetos voltados à eficiência energética e operacional de sistemas de esgotamento sanitário em Salvador e em outros sistemas da RMS.

A representante da agência americana para os assuntos da América Latina, Isabel Sepúlveda, disse estar feliz e honrada com mais essa parceria no Brasil e garantiu que, após a contratação da consultoria, a instituição vai acompanhar o andamento do projeto de eficientização energética nos sistemas da Embasa desde a concepção até a implementação e a apresentação de resultados. “Espero que seja só o começo de outras parcerias”, declarou Sepúlveda.

De acordo com o representante da USTDA no Brasil, Rodrigo Mota, o interesse da agência no país são projetos visando o desenvolvimento nas áreas de transporte, energia e tecnologia da informação. Na área de saneamento, já foram fechados acordos com algumas companhias brasileiras, a exemplo da Copasa, de Minas Gerais, visando projetos para reuso de água, e da Cedae, do Rio de Janeiro, visando a modernização do tratamento de água.

O presidente da Embasa, Rogério Cedraz, enfatizou que parcerias envolvendo a produção de conhecimento e de soluções para tornar a operação dos sistemas mais eficiente são muito bem-vindas. “A energia é um dos principais insumos da nossa cadeia produtiva e, por isso, é muito estratégico para a empresa dar passos à frente no uso eficiente de energia elétrica”, concluiu Rogério.

Consultoria

A consultoria será escolhida em processo licitatório na modalidade do governo norte-americano, com contratação prevista para outubro de 2015. O prazo de conclusão do estudo de viabilidade é até dezembro de 2016. De acordo com a modalidade de contratação pública norte-americana, o cronograma de execução é definido após a conclusão do processo licitatório. Dessa forma, é estabelecido um valor global e, em seguida, a consultoria e a Embasa farão o plano de trabalho juntos. A Embasa participará de todas as fases do estudo até a aprovação dos projetos. O termo de cooperação define a relação da Embasa com a consultoria contratada pela USTDA.

 A USTDA é uma agência governamental independente, mantida pelo Congresso dos Estados Unidos, que financia, a fundo perdido, o planejamento de obras de infraestrutura em países em desenvolvimento e/ou de média renda. Um dos objetivos da agência é impulsionar a realização de projetos prioritários nesses países de forma que possam gerar oportunidades em potencial para empresas norte-americanas.

Outras publicações

Oposição vai à Justiça contra aumento de 9,8% na conta de água emitida pela EMBASA O vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Bruno Reis (PRP), anunciou hoje (07/05/2013) que vai ingressar com uma ação no Tribunal d...
EMBASA e SEAGRI firmam protocolo para utilização de água tratada proveniente de esgoto doméstico com para uso em irrigação O desenvolvimento de práticas de reuso de efluentes tratados das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da Bahia em benefício da agricultura do Estad...
“Governador tem medo da Embasa ser fiscalizada”, diz vereador soteropolitano Leo Prates Leo Prates: “o abastecimento de água da cidade é péssimo, e a Embasa prejudica muito a cidade.". O líder do DEM e vice-líder do Governo na Câmara Mu...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br