Edital do VLT de Salvador será lançado em agosto de 2015

Sistema de transporte público tipo VLT, na cidade de Munique, Alemanha. Modelo é implantado em Salvador.

Sistema de transporte público tipo VLT, na cidade de Munique, Alemanha. Modelo é implantado em Salvador. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

O edital de licitação para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai ligar o Subúrbio Ferroviário de Salvador ao bairro do Comércio, será publicado no mês de agosto e beneficiará mais de 1,5 milhão de pessoas. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (31/07/2015) pelo secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, durante evento, em que foram apresentados os detalhes do projeto de construção do equipamento a representantes das empresas, realizado no Hotel São Salvador.

O presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Eduardo Copello, também participou do encontro, acompanhado de equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur) e da CTB. O encontro permitiu ao empresariado tirar dúvidas sobre o projeto. O VLT, que vai substituir o atual Trem do Subúrbio, terá 18,5 quilômetros de extensão e 21 estações. A licitação prevê intervenções em duas fases – a primeira, entre o Comércio e Plataforma, com 9,4 quilômetros, e a segunda, entre Plataforma e São Luiz, com nove quilômetros. O investimento está orçado em R$ 1,1 bilhão.

Conforto e segurança

Bruno Dauster destacou que o VLT faz parte do conjunto de intervenções que o governo estadual vem realizando pela melhoria da mobilidade urbana de Salvador. “Estamos investindo pesado na construção de transportes públicos de massa sobre trilhos, como o metrô e o VLT, que se conectam em alguns pontos. A ideia é prever ainda a integração tarifária com metrô e ônibus. Nosso compromisso é dar aos soteropolitanos a mobilidade urbana que merecem, com celeridade, conforto e segurança. Futuramente vamos expandir o projeto e implantar o VLT metropolitano, integrado a cidades do entorno, como Simões Filho e Candeias”.

As atuais estações serão demolidas para dar lugar a novas estruturas mais simples, modernas e dentro das normas internacionais de acessibilidade. “Esse VLT vai trazer uma grande melhoria na estrutura de transporte do Subúrbio, Cidade Baixa e região do Comércio. Será um sistema que dará conforto e segurança, além de reduzir o tempo de viagem dos usuários”, disse Eduardo Copello.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br