Deputado Luciano Simões Filho protocola requerimento de CPI para investigar desvio de verbas

Deputado Luciano Simões Filho protocola requerimento de CPI.

Deputado Luciano Simões Filho protocola requerimento de CPI.

Para investigar o que foi feito com o dinheiro, que chegou aos cofres do estado, mas não foi utilizado para o fim determinado, que eram obras de educação, saúde e segurança pública no estado, o deputado estadual Luciano Simões Filho (PMDB) protocolou, nesta terça-feira (04/08/2015) – abertura dos trabalhos do segundo semestre na Assembleia Legislativa, – requerimento de instalação de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito).

De acordo com a denúncia, publicada pela grande mídia em maio passado, 193 obras de ampliação, reforma e construção estão paralisadas em 129 municípios da Bahia. Destas, 175 são da área de educação. Isso por conta da suspensão do pagamento de mais de R$ 200 milhões às 67 empresas contratadas pelo governo Wagner.

Tudo indica que o atraso no repasse foi proposital, para que a verba fosse direcionada à campanha eleitoral de sucessão do governo do estado, em 2014. De acordo com o deputado Luciano Simões Filho (PMDB), este ato irresponsável – considerado uma pedalada fiscal – culminou com as demissões de mais de 6 mil trabalhadores.

Vale lembrar que a verba para a educação vem diretamente do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). “Portanto, o governo não poderia​ ​​’​meter mão​’​​ nos recursos federais e investir na campanha do sucessor. Além de crime, é um grande prejuízo para a população baiana, que depende destes avanços para se desenvolver. Nós da oposição não vamos permitir”, afirma o proponente da CPI.

“Tenho certeza que o presidente desta Casa fará a análise correta do nosso pedido e deferirá a aprovação da CPI. Precisamos saber o porquê de as obras estarem paralisadas, se o dinheiro chegou”, complementa Luciano.

Para acompanhar de perto o andamento e a retomada das obras, a bancada de oposição já solicitou a lista com a enumeração de todas as ocorrências e iniciará a visitação a cada uma delas no próximo dia 20 de agosto, começando por Ilhéus.

Assinaram o documento protocolado 22 deputados, inclusive da bancada governista: Adolfo Viana (PSDB), Augusto Castro (PSDB), Carlos Geilson (PTN), Fábio Souto (DEM), Herzem Gusmão (PMDB), Hildécio Meireles (PMDB), José de Arimatéia (PRB), Leur Lomanto Jr. (PMDB), Luciano Ribeiro (DEM), Marcel Moraes (PV), Pablo Barrozo (DEM), Pedro Tavares (PMDB), Sandro Régis (DEM), Sidelvan Nóbrega (PRB), Soldado Prisco (PSDB), Targino Machado (DEM), Tom Araújo (DEM), Alan Sanches (PSD), David Rios (PROS), Ivana Braga (PCdoB), Jânio Natal (PRP) e Robinho (PP).

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br