“A Prefeitura de Feira de Santana também é responsável pelo caos no transporte”, afirma vereador

Alberto Nery: “Existe um monopólio, na realidade somente uma empresa opera o sistema, que resulta nesse péssimo serviço atual.".

Alberto Nery: “Existe um monopólio, na realidade somente uma empresa opera o sistema, que resulta nesse péssimo serviço atual.”.

O vereador Alberto Nery (PT) voltou a abordar na sessão desta quarta-feira (05/08/2015) os problemas do transporte público no município. Segundo o líder da banda de oposição da Câmara, o poder público municipal é responsável pelo caos no serviço, pois permitiu não somente a monopolização do sistema, como também a manutenção do contrato com empresas que não cumprem obrigações trabalhistas. “Existe um monopólio, na realidade somente uma empresa opera o sistema, que resulta nesse péssimo serviço atual. No edital do último processo licitatório vigente, existe uma determinação de que as empresas devem apresentar mensalmente as certidões, comprovando os pagamentos do FGTS, da Previdência Social e todos seus credores. Pois bem, as empresas não cumprem com essas obrigações há 38 meses e a prefeitura as mantém nos sistema”, ratificou.

Ainda segundo Nery, os problemas da licitação feita pela prefeitura no início do ano para contratação de novas empresas estão longe de serem resolvidos. “Há indicativos de fraudes na documentação das empresas Rosa e São João que participam do processo licitatório com balancetes alterados. Se esse processo transcorrer da forma que está sendo proposta vai trazer muitos problemas ainda para a prefeitura e quem sofre é a comunidade”, declarou.

O vereador, que também é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana (Sintrafs), pediu o apoio dos colegas para tentar solucionar essa questão. “É preciso que a prefeitura assuma o compromisso de pagar a indenização dos trabalhadores, antes que que essas empresas arrumem suas malas e deixem apenas uma sucata financiada que nem pertencem a elas. Aqui nós não defendemos o interesse do empresário, mas sim do trabalhador que precisa ter seu direito garantido”, finalizou Nery.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br